segunda-feira, 10 de julho de 2017

Unificando-se ao Eu Sou – Mãe Maria


Para ler sobre o sentimento que originou esse texto, clique aqui.

Que as bênçãos do amor tragam paz aos seus corpos, mente e coração.

Foram grandes as labutas de suas vidas, meu filho, as quais pude o acompanhar com todo meu amor, irradiando-o para que se libertasse à verdade do que é. Pude sim o seguir, filho, durante o trajeto nesse planeta, aguardando pacientemente que retornassem ao colo materno que o resguarda com todo o amor.

Mas é chegado o momento onde sente o sopro da verdade maior da vida, onde ela se abre a cada um de vocês, a os mostrar a energia que representam nesse planeta. Vocês sentem a aproximação da integração, do retorno, ainda num corpo físico, aos braços de Deus. E o sentimento que possuem é o de alegria, mas também o de certa melancolia por tudo que estão a deixar a trás.

Já não se lembram, filho, da realidade a qual vieram, pois por tanto tempo estiveram nesse plano servindo, mas também por muitas vezes indo por caminhos tortuosos que os conduziram à dor e ao sofrimento. E hoje vislumbram a luz de onde vieram e que se destinam a se reintegrar.

Foram bravos, filhos, foram grandes, pois adentraram em um ambiente onde muitos não acreditariam o que seriam capazes de fazer e hoje eu os vejo resplandecendo luz, irradiando a verdade ao mundo.

É uma nova estrela que surge em suas vidas, meu filho, uma estrela que os ligará a algo muito maior, que os conduzirão à verdade maior da vida, para que se vejam como são, meus filhos, em unidade ao amor. É assim que sempre os vi e é assim que são.

Não há nada que os retire dessa condição. Mas ao se sentirem novamente na integração que são vocês estarão a se unificar ao amor maior da vida. O sentimento de união simplesmente tomará conta de cada um de vocês que se propuserem com coragem a trilhar o caminho da reintegração com a vida, com tudo o que É. E será quando poderei novamente os sentir em meus braços, para que em retorno à unidade estejamos como estivemos destinados a ser, nos vendo como Um a tudo, onde nada será capaz de nos separar, pois simplesmente nos tornaremos uma única consciência em amor.
Esse é o plano maior da vida, filhos, a integração, a diluição em amor da fé, da força e da vida.

Eu bem sei que em seus dias nada mais se encontra como antes, pois há uma paz em seu interior, uma quietude boa de sentir. E assim eu cumpro minha promessa, filho, a de que uma nova estrela nasceria em sua vida onde sentiria novamente a beleza de se sentir em integração, onde a vida se abriria de uma forma inimaginável a ti, com uma força a resplandecer em amor a cada ser, a cada célula que se encontra em sua vida.

Perceba, filho, que após tantas idas e vindas nesse mundo nada de muito importante lhe sobra, a não ser a experiência de ter mostrado a si mesmo de que era capaz de, nesse meio, lembrar-se de sua verdadeira natureza, de retornar em amor a algo que podem hoje ver como a única verdade, a de que não existe separação.

E assim a personalidade humana se dilui, se integra, ela se transforma naquilo que pode ser dito como o amor de cristo, que é a força da unidade maior. A consciência já não encontra guarida na personalidade humana, ela simplesmente se conecta a tudo que Existe e se integra. E, assim, filho, retorna aos meus braços já livre e liberto dos meandros do ego que arrastava a consciência a um mundo de dor e sofrimento, onde o amor não era a regra, mas exceção que prevalecia em suas vidas.

E os digo de todo coração que a mágica e o propósito é simplesmente esse, a integração dessa verdade ao amor. Assim é a vida e dessa forma ela se faz.

Esteja nas bençãos desse percurso, pois ele será recompensador aqueles a quem Deus chamar, para que a experiência retorne a origem de forma muito mais sábia e madura. E assim é, meu filho. Assim será!

Sou sua Mãe e o acolho em meus braços para que em unidade e perfeição sejamos um único ser a irradiar nosso amor.

De sua Mãe, Maria.

Canal: Thiago Strapasson – 12 de maio de 2017.

Fonte: www.pazetransformacao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário