quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

PALAVRAS AO VENTO Nº 4



Todas as quartas-feiras publicamos uma coleta semanal das mensagens de nosso grupo, a fim de nos lembrarmos de parar a respirar um minuto a receber a chama branca da pureza e ascensão.

Para ler as mensagens clique no link.

Gratidão a todos.

1.
As vezes o coração te dirá algo, mas em seguida virá o ego a te conduzir ao auto julgamento. Nessa situação haverá um conflito interior entre o velho e o novo, fazendo com que seus sentimentos inferiores aflorem. Não se repreenda. Abrace-se! Deixe o velho aflorar e compreenda que é a limpeza de resquícios restritivos, para que seu coração possa fluir livremente.

2.

Quando estiver sozinho, ainda que em meio aqueles que caminhava junto, verá um sinal que está se deslocando do meio que esteve acostumado a frequentar. Energicamente está pronto para ir adiante. Não se prenda a antigos comportamentos. Apenas aguarde e continue que novas experiências virão!!


3.
Abdicar de usufruir de tudo que está ao seu alcance agora é postergar para o futuro um momento de felicidade. Usufrua, viva, sinta os cheiros, gostos e prazeres , sem qualquer restrição. Você está vivo e a vida está a te oferecer muitas oportunidades. Lembre-se: a única coisa que pode te restringir são as crenças que nutre em sua mente.

4.
Quando estiver insatisfeito com algo que está em seu caminho, procure pela lição que isso te traz. Há sempre um motivo para que algo esteja em nossa vida. E muitas vezes o que mais nos incomoda é justamente aquilo que tanto evitamos olhar. Aprender a apreciar até mesmo o que não queremos é o caminho que nos trará alívio e aceitação, sabedoria e fé.

5.
Quando decidir trilhar o caminho da elevação espiritual irá se sentir solitário, desamparado e deslocado do mundo. Trilhar sua própria elevação exige coragem, desapego e fé. Nem todos estão dispostos a olhar de perto aos medos mais profundos, abdicando daquilo que nos prende. Mas todos, um dia, se cansarão desse jogo material, e terão que olhar para sua própria verdade, de maneira única e singular.

6.
A certeza que obtemos é apenas que temos que continuar adiante, sem qualquer controle dos resultados. Você poderá tentar controlar a vida, mas ela sempre estará a demonstrar que nesse trajeto há tempestades, ventos e outras tantas influências que não controla. Então permita que a vida te guie, confie e continue em paz nesse fluxo universal.

7.
Sempre que tentar saber ou pensar que sabe todas as respostas volte-se ao ponto zero, o nada sei. A busca só se inicia quando tomamos consciência de nossa própria ignorância, de que nessa experiência nossa visão é muito limitada. A partir desse ponto zero você estará vazio de certezas e conclusões, pronto para iniciar sua busca espiritual.


Fonte: coracaoavatar.blog.br


Thiago Strapassson

Nenhum comentário:

Postar um comentário