quarta-feira, 28 de junho de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 67


CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


SINCRONICIDADE, SÍMBOLOS E TELEPATIA



Pergunta:



Queridos Mestres, entendo que não podem me dar uma resposta pronta, pois faz parte de minha evolução aprender a ouvir o coração, a ler os sinais e a ser responsável por minhas escolhas. No entanto, gostaria de obter um direcionamento. Em 2013 uma linda alma que está também nesse plano terreno, foi responsável pelo meu despertar. Desde então recebo sinais, sincronicidades ocorrem e há símbolos que parecem ser enviados de forma telepática. Trabalhei com esse irmão em outras vidas? Temos alguma missão a ser realizada em conjunto ainda nessa existência? Gratidão! Amor e Luz!

Resposta:

Amada filha. Na vida terrestre não há encontros ou desencontros ao acaso. Cada alma que cruza seu caminho tem um propósito divino em sua vida e pode ser visto como um mestre a trazer algo. Por questões de afinidade energética, com alguns irmãos temos uma ressonância maior de propósito, onde nos identificamos com a forma de agir, pensar e, por isso, passamos a o admirar. Mas isso não significa que qualquer um tenha um propósito maior em nossa vida, pois no fundo o caminho é de se encontrar e se amar por si mesma, de caminhar rumo à aquilo que te chama o coração. Veja todas as experiências materiais como transitórias algumas ressoarão por um tempo, depois pode ser que deixe de se identificar e continue seu caminho. Não há um único aprendizado porque a criação está em constante modificação e amigos se vão e outros chegam aqui na experiência terrestre. Há ainda aqueles que criamos um laço mais profundo, mas ainda assim é passageiro. E nesse trajeto todas essas experiências que lhe são trazidas, vão a deixando mais próxima de si mesma. Observe filha, como é belo o caminhar e não se prenda a nada, apenas permita que a vida flua em confiança, pois você também é uma linda alma em toda sua essência. Esteja em paz.

Sou Rowena

COMO IDENTIFICAR BARREIRAS INTERNA

Pergunta:

Mestres, obrigada pela oportunidade de estar aqui convosco e ouvir sua sabedoria. Tenho passado por decepções e tristezas na área profissional da minha vida, há alguns anos. Sempre fui uma profissional dedicada e valorizo minha carreira, mas me vejo hoje completamente perdida. Peço o auxílio de vocês para identificar minhas barreiras interna, que está me colocando nesta situação, e em qual direção devo investir os meus esforços. Quero encontrar meu verdadeiro propósito, me realizar no meu trabalho, e ter estabilidade financeira. Obrigada senhores, pelo seu amor e luz. 

Resposta:

Amada filha. Esteja em paz. A ansiedade que sente por agir é o que bloqueia seu caminho. Entra com muita ansiedade nas opções que toma. E isso a impede que sinta as situações e veja as oportunidades. É um ciclo que se apresenta diante de sua vida que precisa ser rompido, quebrado, para que então possa agir com maior facilidade. Sempre que as oportunidades aparecem a ti, você as observa com os olhos da vida material, andando pelo caminho do medo, do receio que gera em ti expectativas por resultados. Esse é o bloqueio que necessita transcender. Você o fará quando passar a sentir as situações de sua vida. E isso se dará naturalmente em sua vida, quando transcender esse ciclo de ansiedade e expectativas quanto aos resultados que se apresentam. A partir do momento que permanecer em paz diante das situações, verá os sinais e estará aberta a os sentir, e isso a conduzirá ao caminho mais suave e leve. O rompimento que necessita transcender, no entanto, é interior, da ressonância energética que vibra diante das situações. Esteja em paz.

Sou Lanto

O QUE POSSO FAZER PARA ME DESENVOLVER?

Pergunta:

Queridos Mestres e canalizadores, minha gratidão profunda por este trabalho sério que tanto nos apoia. A minha pergunta é sobre a minha conexão com as pessoas. Sou uma pessoa introvertida, mas a despeito disso, às vezes, sinto uma dificuldade grande de me conectar com outras pessoas e ao mesmo tempo sei que tenho uma grande missão de servir. O que eu posso fazer para me desenvolver? Não sei se é uma percepção ou realidade, mas de qualquer forma, sempre podemos aprender e nos desenvolver. Gratidão. 

Resposta: 

Filha, eu sou Clara. Cada alma possui sua própria forma de recarregar suas energias. Algumas precisam de mais tempo solitárias, outras podem fazer isso mais rapidamente e até mesmo na presença de milhares de pessoas. Não significa que um caminho seja melhor que outro. Há a apenas a forma que sua alma se sente mais a vontade em ancorar as energias necessárias ao seu dia. O fato de ser introvertida não significa que não saiba se relacionar, mas tão somente que necessita de mais tempo em sua solidão para que ancore as energias necessárias aos relacionamentos que surgem em seu dia. Cada ser em sua essência deve aprender a se respeitar nesse aspecto. Mas veja que todos nós somos unos com o planeta e natureza. Então o relacionar é algo que se dará naturalmente em sua vida a partir do momento que encontrar o equilíbrio necessário entre ancorar as energias necessárias ao seu dia e estar em meio a todos. Ao buscar por esse equilíbrio, aprendendo a sentir seu corpo e se respeitar em seus limites, sem culpa, mas apenas permitindo que seja como é, estará contribuindo ao seu desenvolvimento. Esteja em Paz.

Sou Clara

DÚVIDAS QUANTO AO MEU CAMINHAR

Pergunta:

Queridos Mestres! Imensa gratidão pela oportunidade! Tenho buscado me aceitar e ascender espiritualmente. Às vezes ainda caio na armadilha do desânimo, desespero e depressão. Sempre me achei uma pessoa esquisita com um sentimento de não pertencimento nesse mundo. Sou grata a Deus pela minha beleza física e saúde perfeita. Contudo, nunca me realizei na vida pessoal e afetiva. Já estou em idade madura, não me casei não tive filhos, estou sozinha há muito tempo. Já me acostumei e gosto muito da minha companhia. Voltei a morar no interior com minha família e não estou feliz aqui. Sou grata por todo amor deles para comigo. Eu os amo muito. Mas não consigo me adaptar. Sou tida como a maluca da família. Não gosto de sair de casa. Prefiro ficar com os meus animais e a natureza. Sempre me sentindo estranha como se não pertencesse a este mundo. Mas estou estudando e buscando minha ascensão. Pergunto aos amados Mestres: Estou no caminho certo? Estou sendo egoísta? Como melhorar-me e não cair na depressão, não me deixar levar pela energia escura? Não sei se são as perguntas certas. Mas está no meu coração. Muitas dúvidas quanto ao meu caminhar. Obrigada. Namastê!

Resposta:

Filha. Se veja como livre em seu caminhar. Como o ar que passa nas frestas a adentrar todos os ambientes. Você é livre para fazer aquilo que sente e não há nada que exija o contrário. A vida física nos impõe muitos deveres, obrigações, pesos e cobranças. Mas isso só nos atinge se ressoarmos com essa energia. Caso contrário não, pois somos sabedores de nossa verdade e felicidade. Se a dizem como louca, pergunte-se com sinceridade. Esses estão sãos? Percebe que tudo dependente de um ponto de vista e daquilo que aceitamos que nos imponham. É muito simples. A tristeza que sente é simplesmente porque aceita que te imponham essas obrigações, esses deveres sociais. Apenas siga sua vida filha, da forma como te faça bem e não se importe tanto com a visão que trazem de ti. Há apenas a verdade de seu coração e nada mais. Para que esteja sempre nessa confiança, passe a observar os momentos que cai em tristeza. Medite sobre os fatos que a conduzem a isso. Peça por minha presença que estarei a te irradiar com a chama dourada da sabedoria a iluminar seus pensamentos. Esteja em paz filha.

Lord Maitreya

QUE EU POSSA SER UM SER DE LUZ E PAZ NA TERRA

Pergunta:

Amados Mestres, primeiro desejo agradecer todo o amor que tem nos dado, quando penso em vocês sinto doçura e Paz. Eu tenho buscado ficar acordada, mas às vezes é difícil entender e ouvir o meu Eu Superior, ou compreender a verdadeira mensagem, e muitas vezes me sinto confusa. Preciso que vocês me ajudem a olhar para essa relação com mais clareza, uma hora sinto que devo seguir sem olhar para trás, outras horas sinto que devo ficar e persistir, outras horas não sei o que pensar. Na verdade, sinto que preciso de um olhar externo como de vocês para me ajudar a clarear essa situação, para buscar entender melhor até o que sinto, para que eu possa seguir. Pergunto: O que significa essa relação? O que tenho ainda a aprender? Se puder me clareia também o que vejo nas cartas e no pêndulo, até que ponto é indução ou intuição. Que eu possa ser um ser de Luz e Paz na terra. Amo vocês!

Resposta:

Olá minha irmã, sou Clara. Hoje venho te dizer algo simples, porém sútil e singelo. Ao invés de se fixar somente no processo mental, aprenda a sentir seu corpo, a buscar pelas energias que atrai a si com as formas de pensamento. A linguagem humana se manifesta somente através da fala, da escrita. Mas nos reinos ascensos, temos muitas outras formas de comunicação além da verbal. A manifestação telepática é muito mais profunda que pensamentos que passam por sua mente em forma de palavras. E ao aprender a sentir a forma-pensamento que permeia sua mente, energeticamente, saberá distinguir o que provém da presença Eu Sou daquela matéria ancorada na mente por meio das tradições humanas. Busque em seu corpo pela linguagem mais ampla que se converterá numa forma sútil de intuição e então vocês verá com clareza a distinção e origem das formas de pensamento que sustenta. Esteja em Paz.

Sou Clara

COMO SABER O TRABALHO IMPORTANTE QUE TENHO A FAZER?

Pergunta:

Olá queridos Mestres. Há alguns meses, pessoas que trabalham canalizando seres de luz, me disseram que eu tinha um trabalho importante a fazer, e que “é tarde, mas nunca é tarde”. Fiquei bem surpresa e não sei qual é esse trabalho. Ultimamente sinto uma quentura na região do coração, plexo solar e mãos. Também vejo constantemente uma sombra azul/violeta no espelho. Gostaria que vocês me dissessem o que significa essas sensações, e se estou no caminho que deveria estar, e que trabalho é esse. Agradeço imensamente.

Resposta:

Saudações filha. O maior trabalho que pode realizar é consigo mesma. Entenda de uma vez por todas, não existe ajuda maior que sua autoajuda, porque somente assim estará a se libertar e se permitindo deixar seu rastro de luz que ajudará a muitos. O trabalho que deve realizar é o de se libertar de formas de pensamento que de alguma forma te vinculam a compromissos materiais. Ao se sentir solta e leve, sentirá uma paz profunda em seu coração. Esse estado te permitirá ouvir mais claramente sua intuição, que é nada mais que a irradiação da presença Eu Sou em sua vida. Apenas busque por esse silêncio, pois esses sinais que passa a identificar no presente é apenas seu coração a chamando para a libertação. Ao ancorar esse sentimento poderá então se libertar para que descubra o real propósito. Mas filha, não fará isso de forma mental. Lembre-se que há muita benevolência ao seu redor, e a liberdade das formas de pensamento que a vinculam naturalmente a conduzirá a ancorar um propósito de ajuda na libertação daqueles que baterão a sua porta em busca de esclarecimentos. Esteja em paz.

Sou Saint Germain


Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Abril de 2017.

Colaboração: Ilza Barreto.

Fonte: www.pazetransformacao.com.br

terça-feira, 27 de junho de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 66


CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


DIFÍCIL RELACIONAMENTO COM MÃE E IRMÃS



Pergunta:



Bom dia Mestres. Agradeço pela atenção. O meu desabafo é a dor que sinto por não me sentir aceita nem amada dentro da minha própria família. Tenho 53 anos, não me casei, não tive filhos, sempre trabalhei para me sustentar, sou independente, adoro viajar, e desde muito cedo sou espiritualista e conheci todas as crenças que pude. Fui bem criada pela minha mãe (que foi abandonada pelo meu pai), junto com outras 2 irmãs. Uma mãe muito católica, moralista e dura. Muitas brigas e desentendimentos durante a vida. Ela me deu o que pôde dar, me deu o que sabia dar. Eu acredito que aos olhos dela eu não me tornei nada do que ela gostaria. Sempre senti que minha mãe não me aceita como sou e não me respeita. Tenho uma sobrinha de 19 anos que tem sérios problemas de relacionamento com a mãe, minha irmã. Minha sobrinha compartilha comigo a espiritualidade, apenas eu e ela, e nos damos muito bem. Minha dúvida, minha dor: Sempre fui muito criticada e muito julgada pela minha mãe, mas de um tempo pra cá minhas irmãs compartilham isso com minha mãe. De certa maneira, minha mãe se fortaleceu. Antes meu problema era só com minha mãe. Agora, porque as 3 me desprezam? Porque minha mãe e minhas irmãs demonstram tanto desamor por mim? Demonstram tanta raiva de mim? Porque não sou aceita como sou? Porque minhas irmãs estão fazendo isso também? No momento, me sinto totalmente à parte de minha família. Só tenho um bom relacionamento com minha sobrinha, que entende totalmente o que eu passo e de certa maneira, ela passa por isso também, num grau menor. Gostaria de entender porque minhas irmãs estão sentindo isso por mim. Isso doe muito no meu coração. Gratidão por me ouvir.


Resposta:

Filha. Compreenda sua resposta a partir de sua pergunta. Porque necessita ser aceita em seu meio familiar? Porque necessita que a compreendam? Porque simplesmente não segue seu caminho deixando que cada um siga o seu. As pessoas, filha, têm medo de nos perder para algo que elas não compreendem, e com isso apertam o cerco para nos manter juntos através da energia do julgamento. Mas quando você aceita em sua consciência o julgamento você se vincula energeticamente à situação. Se desejar realmente se ver livre, siga seu caminho com liberdade, abandonando interiormente aqueles que não te compreendem. E assim deixe o rastro de luz para que elas a sigam quando quiserem, quando estiverem prontos. Você não é obrigada a carregar nem a ser carregada. Você é livre a seguir seu caminho, mas para isso precisa ter coragem de se abandonar interiormente, livrando-se da necessidade de ser aceita, deixando de aceitar o julgamento que colocam em ti e apenas seguir seu caminho com a leveza daquele que segue o coração. Quando estiver pronta você verá sua vida se modificar e estará livre para seguir seu caminho. Esteja em paz.

Sou Serapis Bey

COMO RESISTIR ÀS INCLINAÇÕES AO EROTISMO

Pergunta:

Mestres, eu me separei há quase vinte anos e passei basicamente por duas coisas. De um lado vi-me resgatar questões como quem eu sou? Como posso ser melhor? O que posso fazer para melhorar? E acabei fazendo terapia, conheci práticas como terapias complementares e energéticas que me ajudaram muito. Em contrapartida também me autosaboto muito, e experimento muita solidão, muita leitura erótica, masturbação e visita a blogs eróticos. Vivo uma dualidade em me autoamar e querer ser outra pessoa, por não querer seu mais eu mesma. Entre querer levantar e afundar. E muitas vezes me sinto sem rumo, sem prumo e sem merecimento. Dividida entre ajudar, fazer o bem e viver a alegria desta prática e desacreditar de mim mesma e me achar indigna. Como posso vencer a mim mesma? Sinto muita falta de estar com alguém em que eu confie e que me acolha. Mas às vezes sinto que sou uma manipuladora e não mereço. Desde já obrigada por suas palavras.

Resposta:

O amor por si mesmo, quando elevado ao nível de consciência Eu Sou, gradativamente fará se libertar dessas amarras que ainda a prendem na dualidade. Esses sentimentos são apenas a manifestação da falta de auto-amor. Não basta apenas buscares quem és em si mesma sem cultivar o amor próprio. Pois dessa forma não descobrirá quem és nessa busca. Ficará sempre vivendo na dualidade. O julgamento e a falta de amor por você mesma faz com que permaneça inserida em um círculo vicioso de autopunição e busca pelo prazer. Que somente será encontrado se for firme em seu propósito. Perceba filha, que por muito tempo viveu uma realidade diferente da que busca viver agora, mas não será de imediato que alcançará o resultado almejado sem buscar arduamente em afirmar repetidas vezes o seu novo propósito a si mesma, superando até as suas inclinações mais inferiores. A sexualidade é algo sagrado, mas que foi corrompido por muito tempo e ainda é hoje, fazendo com que você e tantas outras mulheres sintam-se perdidas na busca de vocês mesmas, levando a pensar que ainda são movidas pela sensualidade de forma a buscar prazer em ligações inferiores, onde não há o cultivo do amor próprio, você se vê como um objeto e assim vê os que buscam com o seu olhar para alimentar o seu prazer. Apenas está colocando no externo o que sente por você mesma, pois apenas conseguirá atingir o estado de olhar aos outros de forma amável e sem os transformar em objetos de prazer, quando olhares a si mesma dessa forma. Para isso precisa ser firme, se estiveres disposta à mudança, pois necessita identificar o primeiro impulso, aquele que gera a primeira sensação física de necessidade, e que se transforma em combustível a movimentar você para as próximas ações. Impulso identificado, então trabalhe em meditação pedindo pela energia do sagrado feminino que a envolva em amor. Trazendo a energia poderosa da mulher, do amor feminino. Vá irradiando essa luz desde o ponto onde partiu a necessidade da sensação física, vá expandido e observando o irradiar desse amor e do poder do sagrado pelo fio energético que observa se formar, a partir do ponto ligado ao seu corpo físico, e que vai levá-la ao ponto de partida de onde ficou registradas as lembranças que a fazem pensar ser um objeto de prazer. Ilumine todo esse lugar, sendo mostrado ou não a ti, mas comande que a energia do sagrado feminino ilumine todos esses registros, envolvendo em perdão e amor. Permita que sejam banhados pela minha luz, comande e chame pela minha presença e do amado Mestre Jesus, levaremos até esse ponto o fechamento do trabalho, que deve ser repetido todas as vezes que sentires o primeiro impulso. Abandone o julgamento minha criança, ame a si mesma, e em pouco tempo estará livre desses impulsos quando se tornará uma nova mulher livre e amada por si mesma. Amo-te filha.

Mestra Maria Madalena

PEÇO ORIENTAÇÃO E LUZ, EM COMO LIDAR COM UMA RELAÇÃO EXTRACONJUGAL

Pergunta:

Estou envolvida em um relacionamento extraconjugal, e me enchendo de culpa. Já tentamos nos separar, sabemos que não é certo, e sofremos muito, não conseguimos nos separar. Gostaria de uma orientação e uma luz em como lidar com essa situação com sabedoria e amor. Gratidão eterna!

Resposta:

Filha. Vivencia um relacionamento material, ligado por prazeres humanos, mas que não te completa em termos sentimentais. Apenas funciona como uma válvula de escape para preencher seus dias, sem um envolvimento onde tenha alguém a dividir uma vida. Esse relacionamento é baseado numa ligação carnal, na ligação entre os chacras inferiores que causam uma confusão sentimental, onde pensam estar conectados a algo mais. Mas veja filha, que ambos se utilizam dessa relação como uma válvula a escapar do real sentimento que camuflam. Para ambos, isso é uma fuga para não se verem na carência sentimental de ambos. Não dizemos ser certo ou errado, pois não há culpa aqui, mas se olhar a fundo verá que não há um envolvimento de divisão, de compreensão, mas apenas algo passageiro para que tenham seus dias mais suaves ao se verem momentaneamente preenchidos. Medite sobre essas palavras e faça aquilo que seu coração disser que te faz bem. Esteja em Paz.

Sou Rowena

PEDIDO DE ORIENTAÇÃO SOBRE MINHA JORNADA

Pergunta:

Olá queridos irmãos da luz. Primeiramente quero agradecer pelas orientações e ajuda que vem até mim de várias formas. Estou cada vez mais atenta a mim mesmo. Sempre me senti um peixe fora d'água. Muitas vezes sinto que não me enquadro na sociedade. Muitas vezes estou triste e me sinto sozinha, até mesmo com inveja da facilidade das pessoas se relacionarem. Sinto que tenho uma sensibilidade energética. Ás vezes me sinto esgotada e com dores. Principalmente do lado esquerdo do ombro. Tenho um filho lindo e sinto que ele tem a mesma sensibilidade. Mas às vezes acho que pode ser influência minha. Gostaria de orientações sobre minha jornada. Sobre o porquê sinto isso. Será que estou influenciando de alguma forma meu filho. Amo vocês. Tenho uma grande afinidade com Arcanjo Miguel. Sinto que já fui guerreira na sua legião. Gratidão eterna meus amados. Namastê!

Resposta:

Saudações minha irmã. É um lindo anjo a ocupar um corpo físico. Não tenha dúvida sobre isso. Esse sentimento que carrega em seu coração, de não fazer parte da sociedade é porque ainda olha a tudo como se não fosse una ao planeta e as pessoas. Você ainda olha para as experiências e não as compreende em seu coração. Todas essas são formas de pensamento, entretanto, mais cedo ou mais tarde, levarão a todos a essa compreensão mais leve que carrega em sua aura. Precisa compreender que não deve se sentir mal por esses sentimentos que traz dentro de ti, de olhar ao mundo e de certa forma sentir vontade de se isolar. Isso é uma fase energética que vivencia e aos poucos se integrará naturalmente e começará a sentir mais à vontade ao observar as experiências. Ao se isolar, minha irmã, apenas busca uma forma de se manter em sua energia interior, mas aos poucos fará isso ainda que em meio a uma multidão. Será capaz de se manter protegida e isolada à medida que seu campo áurico ganhar proteção. Peça por minha presença às manhãs e ao dormir, e quantas vezes precisar ao dia. Eu estarei te irradiando e essa ajuda formará uma capa de proteção que permitirá que se sinta integrada a tudo, mas mantendo-se fechada em sua essência. Agora pode compreender a sensibilidade que possui, pois a vontade de se isolar é nada mais que o contato com as energias de dimensões menos elevadas que lhe causam danos em seu campo áurico. Veja isso como uma fase. Aos poucos sentirá mais confiança em ti, fechará seu campo em proteção através da chama azul e será capaz de manter sua verdade sem essa conexão densa em seu chakra umeral. Esse chakra manifesta justamente o contato com as energias que não ressoa, e então vem à vontade de se isolar. Tudo está conectado, inclusive você e seu filho por laços de amor. Ao se proteger estará o protegendo também. Aplique diariamente a minha armadura, envolvendo seu filho em um campo de proteção, que progressivamente essa sensação diminuirá até o ponto de estar em locais com muitas pessoas e simplesmente não mais sentir a diferença energética. Esteja em Paz.

Sou Arcanjo Miguel

O QUE FAZER PARA SEGUIR O CAMINHO CORRETO PROFISSIONALMENTE?

Pergunta:

Gratidão imensa pelas palavras que consola nossos corações. Sinto-me, no campo profissional, numa encruzilhada, desde sempre. Hoje melhorou porque aos trancos e barrancos consigo me sustentar. Isso corre em paralelo com o resgate da minha autoestima. Acredito que tenha relação. Mas não sei. Tive problemas em um dos trabalhos que eu tenho, pensei em desistir, enfrentei a situação e sinto que isto fortaleceu algo em mim. Sou grata pela experiência. No entanto tenho sentido muita vontade de fazer algo que seja bom para mim, em que eu me sinta mais valorizada do que nesse trabalho em que estou na parte da noite. Fiz uma ótima universidade, amo estudar, ensinar, amo o trabalho no meu consultório, mas ainda tenho necessidade de uma renda extra para me manter. Fazer trabalhos que não exigissem esforço intelectual nunca pareceu ser um problema para mim, mas agora eu sinto que está na hora de buscar outra coisa. Queria muito que fosse meu consultório, mas compreendo que a caminhada é gradual, que ainda tenho muito aprendizado para fazer. Dou aula de inglês também, é algo que gosto bastante. Pensei em enviar projetos para grandes empresas oferecendo pacotes de atendimento e coisas assim. Mas não sei amados. Sempre que penso no campo profissional me sinto de mãos atadas. Preciso de dinheiro para me mover na matéria, fazer cursos, aprender mais coisas para que meu trabalho cresça. Por favor, amados, se puderem, e se for de meu merecimento, me deem uma luz? E se isso tudo for apenas movimento do meu ego, que vocês possam também me sinalizar isso. Gratidão, amo vocês!

Resposta:

Filha. Todas as estradas que trilhamos nessa vida, fazem parte da construção de algo maior. A cada dia, a cada nova experiência aprendida em diferentes atuações, faz com que agregue um pouco mais de sabedoria na sua bagagem, e que, quando chegado o momento, será necessária para que siga com algo mais alinhado com o seu coração. Todas as experiências são necessárias, mas desde que levadas com equilíbrio e paz no coração. Agregue amor em todas as suas atividades, aguardando apenas que seja mostrado no momento certo, qual o aprendizado que teve ali, que será levado adiante para novas oportunidades. Mas perceba que a fase transitória é a que você tem mais oportunidade de agregar sabedoria, desde que levada com equilíbrio e vivendo com o pensamento no presente, sem alimentar ilusões ou fuga dos aprendizados. Toda mudança é feita de forma suave e amorosa, desde que permita que seja assim. O agregar de diversas atividades e de cargas a mais na sua caminhada ou mesmo o abandono das experiências de forma prematura, fará com que sofra no processo. Mas lembre-se, o processo natural se dá sempre sem sofrimento, desde que aceite viver no presente e aceitando as experiências que se apresentam de forma a construir a sua bagagem de sabedoria, que será necessária para experiências futuras. Fique em paz filha.

Mestra Pórtia

SONHOS

Pergunta:

Queridos Mestres, tenho sonhado o mesmo tipo de sonho já quase há dois anos. Sou solteira e não tenho relacionamento. Porém tenho sonhado bastante com maternidade, gravidez, bebês e gêmeos. No último sonho, em janeiro deste ano, eu me via grávida, com uma imensa barriga, e depois eu via o momento que eu dava a luz aos gêmeos. Eu apreciava seus rostinhos de bebê. Ao mesmo tempo, também tenho sonhado com o mesmo rapaz, que sempre é o pai dos meus filhos e com quem vivo um relacionamento, como namorado e/ou marido. Também vejo com frequência sinais, tais como, horas repetidas e números, que de certa forma se relacionam com a data de nascimento deste rapaz. Gostaria de saber o que isso significa. Estou vivendo apenas uma fantasia romântica fruto da minha imaginação ou tenho realmente algum tipo de conexão com este cara, de vidas passadas? Tem momentos que sinto como se eu me comunicasse com ele através dos sonhos e sinais que vejo com frequência. Costumo ter muitos sonhos com ele, como se nos conhecêssemos e vivêssemos um relacionamento e nos sentimos muito felizes. Gratidão, Mestres! Amo vocês!

Resposta:

Filha. Traz nessas experiências, oportunidades de cura interior, cristalizações de sentimentos mal compreendidos e que fazem parte da sua história. Está passando por um processo de cura interior que faz com que tenha visões onde mistura passado com futuro, da forma que compreende como encarnada nesse planeta. Mas o que é mostrado a ti são apenas possibilidades, linhas de tempo paralelas que existem sim, de fato, mas que não necessariamente se manifestarão na matéria. O que precisa minha filha é apenas centrar a sua energia no momento presente. Ancorar com a sua divina presença Eu Sou no seu coração, para que equilibre essas lembranças dispersas de realidades paralelas e centralize tudo na conexão com o Eu Sou. Dessa forma, permitirá que o fluxo da vida ocorra de forma natural. Pois essas visões se dão apenas devido ao desequilíbrio que, atrelado aos seus maiores medos e traumas emocionais, traz algumas formas paralelas para sua visão no agora, de forma desequilibrada e desalinhada. Quando mantém o equilíbrio, focando apenas no presente, permite que as manifestações ocorram apenas de forma a trazer paz e realização, sem o sofrimento de sentir-se infeliz com a vida presente e com as atuais experiências. Apenas busque equilíbrio, filha. Siga em paz irradiada no meu amor.

Sou Maria Madalena


Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Abril de 2017.

Colaboração: Ilza Barreto.


Fonte: www.pazetransformacao.com.br

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Sobre a Maestria - Mestre Confúcio

Inscreva-se em nosso canal do YouTube


Não desistam dos seus pais - Mestre Serapis Bey


Por tantas vezes as mágoas tomaram conta dos seus corações, por tantas vezes sentiram doer no corpo físico as consequências de uma relação não compreendida. A dor das relações biológicas, dos registros das constelações familiares que recebem em seus registros akashicos.

Aquele ponto de conexão, que une cada uma de vocês as suas raízes biológicas enquanto seres encarnados nesse plano, está justamente ali para um proposito. Esse propósito, meus irmãos, é ressaltar algo que já traziam dentro de si mesmos.



Enquanto seres multidimensionais, vocês seguem pelas próprias estradas de aprendizado, desconectados desses pontos de conexão com as raízes biológicas. Mas enquanto seres encarnados têm que lidar com todas energias acumuladas em seus registros e uma delas é a camada que os conecta à constelação familiar, à família que os recebeu nesse plano material.



Esse é um dos planos contidos em seus registros enquanto seres encarnados. E existe justamente para que demonstrem a maestria da superação de vocês mesmos. Pois ao virem à determinada constelação familiar, escolheram com muito cuidado, aquela que os auxiliaria a acentuar justamente o medo que necessitavam transcender, a purificação que precisavam enfrentar.


Mas é chegado um momento em que já adquiriram maturidade e consciência para enfrentar essas relações, e dessa vez será de forma leve e doce. A curar todas as feridas que ficaram ali, registradas como resultado de uma batalha que criaram dentro da mente de cada um de vocês, e que repercutiu sim nos seus corpos físicos.

Tantos de vocês manifestam essas feridas na forma de doenças, de traumas, e até de certos tipos de câncer, tumores... mas todos vem daquelas feridas, onde não houve o balsamo do amor e da doçura, com a sabedoria para que fosse curado. Vocês reagiam a essas situações, as essas emoções que sua família gerava em vocês porque era uma forma de desviarem daquilo que não gostariam de observar em seu próprio interior.

Vocês percorreram por diversos caminhos para então obterem a sabedoria necessária para o enfrentamento desses obstáculos, que geram consequências físicas em suas vidas. Pois é chegado um momento em que a sabedoria necessária para transcender a situação está aglutinada no nono chakra e vocês são capazes de promover não apenas a própria purificação, mas de toda a constelação a través de seu exemplo de libertação. Vocês ensinam o caminho aqueles que estão presos dentro dessas energias e já não enxergam a forma de se desvencilhar desse processo que restringe o acesso aos seus registros de luz.

Tantos manifestam no corpo físico o resultado de relações não compreendidas entre os pais, quando por algum momento se sentiram abandonados, retaliados, mal amados, mas que na verdade é apenas uma relação sendo trabalhada, assim como todas as outras, mas que deixou marcas profundas nos seus corações. Relações essas que estão presentes em suas vidas apenas para mostrar aquilo que precisam trabalhar para a purificação de seus registros, para que se tornem o exemplo de sabedoria a mostrar a outros o caminho da própria libertação.

O coração duro, o escudo fechado do ego e da personalidade cravada em um planeta que é apenas a manifestação de uma experiência, bloqueia por muitas vezes o fluir natural dessas relações. Onde cada um de vocês chegam com um pacote básico de informações de alma, e representam aqui a manifestação dos seus registros em forma de comportamentos, manias, onde constroem uma personalidade. A constelação familiar ressalta justamente esses pontos. E essa é a oportunidade que pediram para transcender a vocês mesmos.

Na medida em que vão limpando as restrições contidas em seus registros Akashicos, que vão sutilizando e iluminando, essas manias e comportamentos que manifestam uma personalidade, vão deixando de existir, e vocês passam a se tornarem vazios. Esse vazio é preenchido, pedacinho a pedacinho, pelo seu Eu Sou, pelo Eu Superior. E deixa de conectar com o Eu Inferior, que está a todo momento relembrando as experiências dolorosas que criaram as feridas, mas que na verdade eram apenas formas de cura.

Na medida que vão se limpando, filhos, vão limpando também aquelas relações esquecidas do passado, aquelas que não mais faziam parte de seus cotidianos, mas que representavam em vocês dores profundas e por vezes doenças no corpo físico. A raiva se manifesta pelo perdão, a dúvida pela gratidão e o olhar compassivo se manifesta nas relações.

Todos sabemos as causas reais das doenças, e sabemos que todo desequilíbrio no corpo físico é consequência de uma relação não trabalhada no campo emocional. Quando se libertam e permitem que sejam iluminados os registros que armazenaram lembranças traumáticas dessas relações, vão gradativamente curando também os seus corpos físicos, e são surpreendidos com a cura das suas doenças.

Percebam, amados, que as relações familiares, entre os pais biológicos, são o berço da experiência na Terra. É onde vocês em algum momento deverão retornar para trabalhar a limpeza dos pontos que permaneceram conectados e que causaram consequências que acompanharam vocês durante toda a sua vida.

Experimentem novamente estabelecer as relações deixadas no passado, aquelas mal compreendidas, que tocavam o coração a causar dor e sofrimento, mas que agora, com os registros limpos e iluminados, vocês já podem se permitir vivenciar, para iluminar também a vida daquele que o proporcionou a vida biológica e essa experiência terrena. A que sempre prevalecer o amor, mas não o amor que seja julga responsável, que se culpa por não poder auxiliar ou por não saber como ajudar.

O caminho, primeiro, é da libertação interior através do exemplo, através da própria purificação, para que então possam retornar a essas relações já livres, suaves e compassivos, sem qualquer compromisso, apenas com sua própria paz interior.

Percebam que vocês estão juntos porque tem pontos que se complementam no aprendizado, mesmo que despertando em forma de sofrimento as feridas que causam doenças e traumas, ainda assim são justamente essas feridas que abrem a possibilidade de vocês olharem para um ponto de desequilíbrio que precisa ser olhado, e assim tratar algo ainda mais profundo, que se encontra em seu registro de alma.

Os pais biológicos vêm os mostrar, através dos pontos onde despertam os desconfortos e sofrimento, aqueles aspectos que vocês devem olhar em seus registros akashicos, e que devem ser tratados e iluminados. A olhar para essas relações e não fugir delas, vocês passam a perceber onde estão os gatilhos emocionais e a identificar em seus registros o que deve ser iluminado. Isso contribuirá para uma caminhada livre rumo à ascensão.

Vocês saberão quais são os momentos em que devem retomar as ligações. Precisam estar suficientemente maduros e acessar a sabedoria adquirida durante uma vida de experiências, para que possam definitivamente concluir esse processo e libertar a vocês mesmos e àqueles que dependem dessa relação mutua para a própria purificação.

E assim é

Sou Serapis Bey

Canais: Michele Martini e Thiago Strapasson - 04 de maio de 2017.

Fonte: www.pazetransformacao.com.br

sábado, 24 de junho de 2017

A entrega em servir e a criação das Fraternidades - Sanat Kumara




Amados irmãos, saudações.

Sou seu irmão, Kumara. Iniciei a trilha dos mestres que estiveram nesse planeta. Estive também entre vocês há muito tempo. Contribuí com a riqueza planetária assim como cada um de vocês hoje faz.

Abri a trilha espiritual para a chegada da grande fraternidade de mestres ao planeta Terra, fiz isso servindo, simplesmente servindo. Foi através do ato de servir, que outros seres de muita luz acumulada em seus registros, seguiram essa trilha, vindo ao auxílio de toda a humanidade, trazendo à Terra o exemplo de amor.

Vieram nessa trilha Sidarta, Venus, Maitreya, Kuan Yin, Jesus e tantos outros que hoje fazem parte da cúpula de Cristal, que pode ser chamado, para que compreendam, como o alto comando de luz planetário. Temos como braços a nos unir em amor a Grande Fraternidade Branca, o comando Mariano, o comando Ashtar, o Reino Arcangelico, o Reino Angelical, a Fraternidade de Pretos Velhos e Exus, os Elementais, e tantos outros reinos que hoje trabalham em unidade a favor do ato de servir através do amor.

Bastou que um se propusesse a servir, que um se dignificasse a servir a humanidade que já não encontrava saída no próprio mundo que criou, para que a mágica se fizesse. Percebam, amados, que basta que um abra a trilha de luz, para que outros milhares venham em auxílio, porque o amor irradiado no servir mais puro, se manifesta como um atrativo de toda abundância universal.

Hoje temos inúmeras fraternidades ligadas ao Alto Comando de Luz Planetário, que hoje auxilia a humanidade pela transição planetária, pela transição da Nova Era de Luz. E para isso, amados, para que o milagre ocorresse, bastou que eu me colocasse a serviço da humanidade com todo o meu amor.

Talvez não possam ver de onde estão, mas a humanidade evoluiu em luz nas últimas décadas como nunca antes. A evolução foi grande, e toda a espiritualidade hoje já vislumbra os sinais da grande mudança que as próximas gerações viverão, que vocês vivem, mas que os afirmo que se intensificará, na medida que os anos lineares transcorrerem. Isso se dará até que não haja uma única gota a ser purificada, e a Nova Era esteja definitivamente instalada nesse orbe magnifico.

E tudo isso, amados, deu-se através do ato de servir com amor. Ah! O ato de servir. Ilumina até o coração mais tenso e temoroso do amor. Aquele coração tão cansado de sofrer e que não mais crê na esperança de que tudo um dia melhorará.

O ato de servir purifica, limpa e libera todas as restrições que os mantém presos ao passado. Abre a possibilidade do despertar do amor que dará lugar ao perdão do passado, ao perdão a si mesmo, por estar envolvido em sofrimento, em dor. O perdão àqueles que se foram, que não mais estão presentes no seu agora feliz, mas que mostraram a você uma estrada difícil de seguir, pois foram as pedras do seu caminho.

Esses estão mais iluminados agora, quando você já incorpora o servir em seu coração. Você deixa para trás as mágoas e as angústias, e consegue direcionar amor até esses que se foram. Não se encontra mais o sofrimento.

Vocês, no momento presente, quando já estavam acostumados com a dor, e observam atentamente cada novo minuto dos seus dias, a buscar um mínimo sinal de dor e sofrimento. Mas surpreendem-se quando se dão conta de que se passaram vários dias, e não houve sequer um sinal de dor e sofrimento. Vocês olham para trás e percebem que os últimos dias foram talvez uns dos mais difíceis já vividos por vocês, e ainda assim cruzaram essa ponte com louvor. Nem sequer perceberam as dificuldades tomarem conta dos seus corações, elas estiveram ali, mas apenas do lado externo dos seus corações, e por isso mesmo foi que passaram e não mais voltarão a repetir novamente as experiências.

Vocês olham para essas dores do passado, para esse sofrimento, e sentem uma certa saudade daquilo que já fazia parte de vocês mesmos. Por um instante se sentem sozinhos quando se percebem sem o motivo da dor.

O registro do sofrimento foi iluminado, iluminado pela sua própria luz interior, que ofuscou a escuridão dos padrões de repetição que vinham trazendo há tanto tempo, a manter o sofrimento presente em suas vidas como se fosse parte de vocês. Por breves dias, vocês percebem a causa do sofrimento ali, à espreita, mas ela não é mais forte do que a energia do perdão e a determinação do amor.

A caridade e a entrega de forma íntegra para o trabalho de amor, abre todas as portas para a cura. Ou mesmo derruba as muralhas que não os deixavam perceber que a cura estava ali, tão perto de vocês. E aos poucos vão desconstruindo mais e mais aquele Eu Personalidade que estava atuante em suas vidas, mas que já não encontra morada em vocês, pois estão completamente entregues ao amor.

Tantos de vocês questionam como encontrar o caminho para o Eu Sou. Eu os digo: Não há caminhos que não passem pela estrada da caridade e da doação ao próximo. Pois é a partir do momento que passam a ver o outro como parte de si mesmos, que cultivam o amor e o perdão até por aqueles que foram as pedras do seu caminho, que começam a derrubar a muralha que os distanciam do Eu Superior. 

Essa é a busca, filhos. Mas surpreenderiam-se ao saber que para chegar no seu objetivo, a única estrada a ser trilhada é a da caridade. Do amor e do ato de se doar de forma desinteressada. Simplesmente pelo ato de servir. O ato de servir não apenas derruba as muralhas do ego, mas também desconstrói a personalidade criada pela matéria, pois ensina a vocês que todos são Um.

Vocês aprendem a sentir amor, a serem amor, ao ver o amor ser recebido pelo outro. Vocês se colocam a serem canais de luz E para que sejam puros e límpidos canais de luz, devem se entregar de forma livre e liberta da personalidade, fazendo parte do todo, e olhando aquele outro como vocês mesmos, como uma parte de vocês, como aquele que veio trazer a sua libertação e a forma com que descubra o caminho tão procurado da ascensão.

A entrega total ao trabalho com amor, traz a possibilidade de ascensão, a partir do momento em que compreendem o seu papel, que é apenas o de estar aqui, presentes no agora, e completamente entregues à Unidade, abandonando o Eu Personalidade em troca do amor, da oportunidade de servir. Não há questionamentos, não há argumentos, há apenas a entrega, de forma imparcial, de forma limpa e pura, à oportunidade de servir.

E foi assim, amados, que se formaram as Fraternidades de Mestres, que ordens de seres magníficos vieram a os servir. E cada um de vocês pode trilhar esse mesmo caminho abençoado, servir e assim deixar a trilha de luz para que outros o façam no momento apropriado, e que sirvam de inspiração para que outros se acoplem à sua missão. É através do exemplo que dignificamos nosso próprio ser, não por palavras, pois servindo somos maiores em toda nossa humildade. 

E assim é.

Sou Sanat Kumara

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini - 03 de maio de 2017.

Fonte: www.pazetransformacao.com.br

sexta-feira, 23 de junho de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 65


CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

INSATISFAÇÃO COM AVIDA PESSOAL E PROFISSIONAL

Pergunta:

Amados Mestres, gratidão por toda assistência e socorro que me prestam desde a minha existência. Mais uma vez recorro a vocês com um pedido de ajuda. Minha vida profissional sempre foi muito difícil, desde que larguei um emprego que gostava muito, onde fui vítima de magia e as forças ocultas do mal bagunçaram bastante não só minha vida profissional, mas também a minha vida social e pessoal, nunca mais consegui me afirmar em nenhum emprego, todos os empregos por onde passei sempre foi um peso para mim, nunca mais consegui me realizar em nada. Além disso, não tive oportunidade de trabalhar em grandes empresas que utilizam sistemas integrados que são fundamentais nos dias de hoje e por falta de recursos não consegui me especializar na minha profissão ou estudar outro idioma para ter um diferencial. Em 2015, a insatisfação com a minha vida profissional e pessoal me fez largar mais um emprego, vendi toda a mobília da casa e voltei para minha cidade natal para dar um tempo e tentar refazer minha vida. Às vezes fico pensando que todo o esforço que fiz para fazer minha faculdade foi em vão, me dediquei de corpo e alma, estudei todo o tempo livre que tinha e passei várias privações. Tive que parar o curso por 02 anos por não ter como pagar, arrumar outro emprego que me remunerasse melhor para que pudesse arcar com as despesas do curso e me sustentar, mesmo assim me privei de muitas coisas para alcançar o meu objetivo. Sei que tudo isso foi um grande aprendizado e que sou responsável por essa situação de desemprego, no momento estou sem dinheiro e o único bem que possuo é meu carro, e senão conseguir um novo trabalho terei que vender para poder me sustentar. Por favor, preciso da ajuda de vocês para definir outro caminho para minha vida profissional e para minha vida pessoal, sou uma pessoa sozinha, não tenho ninguém para me apoiar só conto com vocês meus amados. Tenho tentando meditar para encontrar as respostas que estão dentro de mim, mas não estou conseguindo ficar em silêncio, por favor, me ajudem!

Resposta:

Filha. O silenciar da mente é o primeiro passo para encontrar o caminho certo da vida. Você não consegue silenciar porque está presa no sentimento de angústia e insatisfação com a vida. Perdeu o sentimento de gratidão e humildade. Os grandes seres de luz vibram de forma sutil e são atraídos energeticamente pelo amor do coração, desprendido do ego e do querer. Por isso, se atraiu seres inferiores e os acusa por serem os culpados dos erros da sua vida, perceba que são essas energias que atrai tendo o coração afastado da gratidão e do amor pelo que a sua vida lhe oferece. Não és única. Todo esforço que dispensou para se formar e se preparar para uma profissão, veio alimentado de expectativas. Enquanto esqueceu de que tiveste inúmeras oportunidades e ainda assim, não lembrou o sentimento de gratidão, apenas olhando a frente querendo mais para a sua vida em termos de realizações da matéria e não espirituais. Tens agora nova oportunidade de parar e olhar para tudo o que passou. Percebendo dessa vez todo o aprendizado que obteve nessa caminhada e lembrando o porquê está inserida nessa experiência encarnacional. O propósito do ser no planeta. Por isso filha, enquanto não abandonares a angústia, a amargura e a ingratidão com a vida, nada vai melhorar. O sentimento de gratidão com as experiências vividas com humildade traz mais experiências dessa vez mais elevadas, e assim, com o sentimento de gratidão com as oportunidades que teve na vida, trarão mais oportunidades. Os seus algozes vieram para ensinar a sair da sintonia do ego, e esqueceste-te de agradecê-los por colocar você no caminho da humildade. Siga em paz filha.

Sou Exumaré

COMO DOMINAR O EGO E SER MAIS MANSA?

Pergunta:

Bom dia Mestres, guias e anjos, eu estou imensamente feliz em poder me comunicar com vocês, sou infinitamente grata por me sentir amada e acolhida, tenho muito a agradecer por nunca me deixarem sós e por me sentir segura em suas presenças. Mestres eu acredito que estou tendo meu despertar, porque sinto a mudança dentro de mim. Muitas das coisas que me deixavam desesperadas ou terrivelmente atormentada e amedrontada, hoje após as leituras e orações sinto que não me afetam mais, luto diariamente para me desprender do ego, muitas vezes fraquejo, mas sei que posso contar com o amor e paz que estão ao meu redor. Mestres e amado Jesus, tenho visto sinais, lembrados de sonhos especiais que tive ao longo da vida, manifestações de nuvens no céu, sinto uma luz ao meu redor, como neste exato momento que lhe escrevo, gostaria de saber se essas manifestações e sonhos são mesmo sinais e não manifestações inventadas pela minha cabeça, pela sede de conhecimento e curiosidade. Desde a infância tive sonhos que minha realidade na terra não seria capaz de imaginar ou criar, como ver Jesus e seus anjos, viajar numa linda nave pelos céus, ver um cometa de perto, nuvens que dançam no céu e se dissipam como fumaça. Cada dia mais tenho tido uma enorme vontade de visitar os céus ver o universo de fora para dentro. Às vezes sinto saudades de um lugar que desconheço. Nos últimos dias tenho acordado com a sensação de que aprendi algo muito importante durante a noite e que não deveria esquecer quando acordo. Mas acabo por não conseguir recordar dos sonhos e ensinamentos. Como posso trabalhar isso? O que posso fazer para lembrar-me dos sonhos? Quero ser instrumento de ajuda neste plano, quero cumprir minha missão neste mundo. Tenho tido muitas dificuldades em lidar com meu relacionamento, não consigo controlar meu ego em alguns momentos e acabo por ferir com palavra meu amado esposo, não consigo entender nossa difícil relação, e as brigas constantes, por absolutamente nada. Hoje questões financeiras e a falta de uma casa própria e de bens já não me afetam mais tanto, porque quero apenas sentir o amor, o verdadeiro amor. Estou disposta a me doar mais. Meu despertar tem feito com que eu perca a vontade por muitas coisas desse mundo. Gostaria de saber lidar com essa situação, sei que tenho que trabalhar isso dentro de mim, mas não tem sido fácil. Mestres amados o que posso fazer? No meu íntimo sei o que fazer, mas gostaria de receber um conselho ou uma lição de amor.  Quero ser mais mansa e humilde de coração e um instrumento de amor e paz. Gratidão Mestres, por todo o seu amor.

Resposta:

Filha. Que as bênçãos do amor irradie em seu corpo mente e coração. A mansuetude, minha linda filha, é algo a ser conquistado em meio às experiências terrena, e que eu venho os ensinar. Através da minha energia, que envolvo você nesse momento, e tenho envolvido inúmeras vezes, poderá sentir a mansuetude em ti, e trabalhar para manter esse estado limpando a ânsia que existe no seu interior para que as coisas aconteçam de acordo com o que desejas. Perceba minha querida filha, que é justamente o querer, o ego, a personalidade, que faz com que você se distancie do estado de mansuetude. Pois esse estado é o de total desprendimento de expectativas na vida, é o estado da aceitação de tudo e de todos, como são. É simplesmente irradiar amor dentro de si mesmo, e que alimentará a sua calma e paz interior em meio a todas as situações. Minha filha amada chame a mim quando sentires um pequeno sinal do ego tentando se manifestar, pare por um momento silenciando a mente, retire-se por um momento do ambiente onde estiver e receba a minha luz, silencie o coração e então retornará ao estado de mansuetude novamente. Esse processo é natural e faz parte da experiência como encarnada minha filha, pois está envolvido por energia contrária ao estado de mansuetude o tempo todo no planeta. Mas perceba que a sua busca é em superar essas influências e manter o seu estado de paz em meio à vida na matéria, e não a fuga para fora da experiência terrena. Por isso não é lembrada do que ocorre quando em desdobramento, e por isso alimenta em ti uma desconexão ainda maior com a sua vida material, o que prejudica ainda mais essa busca interna pela mansuetude e liberação do ego. Quando estiver em equilíbrio, não mais se lembrará de se não for para contribuir em algo para a sua caminhada aqui. O que ocorre minha querida, é que permaneces em conexão com várias dimensões e não é capaz ainda de alinhar as informações, devido a esse desequilíbrio, que com o tempo reduzirá, se mantiver a busca pelo silenciar e pela mansuetude enquanto inserida nas suas experiências terrenas. Assim é minha filha e assim será sua caminhada e a de tantos como você, todos envolvidos no meu amor de mãe.

Sou Mãe Maria

PORQUE MEUS PACIENTES VOMITAM DURANTE O ATENDIMENTO TERAPÊUTICO?

Pergunta:

Saudações amados Mestres, eu faço terapias com cura quântica e multidimensional. E já aconteceu três vezes de pessoas sentirem sensação de vômito, e a última chegou mesmo, a vomitar um pouco durante a terapia. Queria saber se estes fenômenos foram produzidos pela minha energia enviada, ou por consequências do processo de limpeza e catarse da pessoa. Gratidão por tudo Mestres.

Resposta:

Filho, eu sou Lord Maitreya. Quando nós nos oferecemos a serviço do outro como instrumentos da transmissão do amor e da cura, da possibilidade de regeneração do ser, precisamos em primeiro lugar compreender qual é o nosso lugar nesse processo. Você está envolvido em diversas formas de trabalho simultaneamente, e que são conflitantes entre si. Canaliza energias para um determinado fim em seu corpo físico, assim como também canaliza energias diferentes para promover a cura através da terapia. Quando nos doamos ao trabalho de forma íntegra, estabelecemos uma meta e uma rota única de elevação, e então nos doamos em consciência plena ao trabalho escolhido. Se escolheres estar trabalhando com cura e com essa linha de trabalhadores da luz, não se envolva com outras energias, que podem prejudicar os seus atendimentos. Não digo aqui que energias são boas ou más, mas apenas digo que a responsabilidade do terapeuta está em primeiro lugar, permanecer limpo para que seja um canal perfeito de transmissão das energias ao outro ser, sem transmitir suas vibrações pessoais de encontros diversos em outras vertentes de trabalho espiritual. Escolha o caminho que tem a seguir. Busque em seu interior a resposta, pois depende apenas de ti decidir com quais ligações deseja prosseguir na sua caminhada e às quais deseja romper. Enquanto estiveres envolvido em diversos meios de trabalho espiritual, estará sem um caminho definido e permitindo que energias diversas interfiram nos atendimentos, o que é prejudicial para os pacientes, pois entram em desequilíbrio interno. Você é um ser de luz, está aqui para transmitir o bem e o amor, a cura, mas para isso necessita se desvincular de algumas ligações que estabeleceu apenas como parte de um processo que agora não é mais necessário. Estabeleça o contato com o seu eu superior e solicitem à Fonte que sejam mostrados a você quais são as ligações que estabeleceu e estão interferindo nos seus atendimentos, e decida quando estiver preparado, por qual caminho seguir. Fique envolvido na luz crística e na paz da minha energia.

Maitreya

COMO AJUDAR MINHA FILHA?

Pergunta:

Bom dia. Minha filha foi diagnosticada com depressão. Como posso ajudá-la? Agradeço!

Resposta:

Saudações meu irmão. Hoje venho para lhe trazer um pouco de esperança no coração. Para lhe irradiar com a chama da fé e do poder. Sou El Morya, e por longo período de uma de minhas vidas passei por dificuldade semelhante. Mas no caso havia uma tristeza profunda em meu coração que eu simplesmente não podia controlar. Eu me via no momento mais sombrio de minha existência e essa era minha verdade. Não havia outra em meu coração. Mas aos poucos, desse estágio de profunda dor, fui me reequilibrando, colocando-me em ajuste interior. E fiz isso quando percebi que não haveria nada que substituísse minha força interior. Quando percebi que ninguém podia me ajudar, senão eu mesmo. Encontrei forças que nem mesmo sabia que existiam. Mas fui que tive que buscar, não havia como procurar por algo que não fosse eu mesmo. Para um pai é dolorido sim ver uma filha, um ente querido que amamos passar por uma situação como essa. Mas sua filha terá que encontrar a força dentro de si mesma. A maneira como poderá ajudá-la e ficar ao lado, mas sem se envolver com sua dor. Você deve irradiar sua força a ela, mostrar que é forte. Pois se mostrar tristeza pela situação estará apenas a ajudar a agravar o quadro. Da sua força ela descobrirá a dela. Deve estar sempre altivo ao lado dela, bem humorado, e com comentários positivos. Deve permanecer nessa confiança, sem envolvimento, para que ela tenha o exemplo de força e assim retire de seu interior a capacidade de irradiar amor a si mesmo. Lembre-se meu irmão, ela sente sua vibração. Se deixar se abater pela dor dela, estará a prejudicá-la. Agora é a hora de mostrar sua força e fé na vida. Esteja nessa confiança.

Sou El Morya

ESTOU NO CAMINHO DA MINHA ASCENSÃO?

Pergunta:

Bom dia Mestres. Agradeço desde já por toda ajuda que tem nos dado. Mestres, eu estou em uma fase de minha vida que em alguns momentos não sei se estou no caminho certo para conseguir minha ascensão. Sinto que me deixo levar pelas emoções e sentimentos. Em 2014 saí de um relacionamento de 10 anos, no qual tenho uma filha, e no início deste ano acabou um relacionamento com um homem que acreditei ser minha alma gêmea. Eu me ligo muito à pessoa que me envolvo, e sofro muito com o término da relação. Ainda me sinto ligada a este homem que terminou comigo esse ano. Sonho com muita frequência com ele. Já até sonhei que um anjo em sonho me dizia que ele não era o melhor para mim, mas me questiono se não é a minha mente tentando me enganar. Estou seguindo a minha vida. Tenho visto muitas sequências numéricas, sinto algo em minha testa entre as sobrancelhas, não sei explicar direito como é a sensação. Sinto também que algumas crenças estão mudando em mim. Por favor, Mestres, eu estou no caminho para minha ascensão? Tem dias que me sinto tão confiante e tanto amor em mim, como se não precisasse de mais nada, mas tem momentos que vem uma confusão mental, me fazendo duvidar se estou em meu caminho para evoluir espiritualmente. Agradeço a atenção e por estarem comigo sempre.

Resposta:

Minha amada filha. Esteja em paz, numa respiração profunda, sou seu irmão Serapis Bey. Essas dificuldades que enfrentou em seus relacionamentos tem um propósito, que é a tornar suficiente em si. Não tiveram erros, mas sim um envolvimento onde buscava algo no externo que estava dentro de ti. Você entrou nesses relacionamentos sem a conexão do Eu Sou, buscando o antigo caminho material. Mas as sensações físicas que sente são justamente para despertar o dragão dentro de ti, quando então poderá compreender que tudo que necessita está guardado em seu coração. Essas energias que está a receber estão a desbloquear antigas restrições, e será então quando poderá observar as situações físicas que vivencia sob um novo ângulo, o do aprendizado e do acúmulo de sabedoria. Com a irradiação energética que recebe, será capaz de conferir novas interpretações aos fatos que descreve. E então poderá observar como se tornou mais forte, e autossuficiente. Mas perceba como já está operando em diferentes níveis energéticos, um no qual já é completa em si, e outro no qual traz à tona antigos hábitos. Comece a reparar nessas variações energéticas, e sempre que perceber seu nível energético voltar à condição anterior, procure o silêncio, busque a sua própria conexão. Aos poucos estará naturalmente em uma condição onde estará pronta a novos projetos e perspectivas. E então verá que uma nova estrela surgirá em sua vida, que te surpreenderá. Esteja em paz minha irmã.

Sou Serapis Bey

INSEGURA COM MINHAS ESCOLHAS

Pergunta:

Mestres, que honra poder escrever para vocês. Eu acompanho suas mensagens há tempo e amo. Mestre, nesse momento gostaria de receber uma orientação. Em minha infância e adolescência presenciei muitas brigas feias entre meus pais que influenciou minha vida por muito tempo. Por muitas vezes tomei o partido de minha mãe, ficando ao lado dela, o que me afastou do meu pai (em outro plano) e também construiu um elo o qual sinto que não me permite ser mais feliz do que ela foi ou é. Também fiz a escolha profissional guiada pelo que a minha família achava que era ideal para mim. Sinto que me perdi na confusão familiar, me tornando insegura em minhas escolhas e com pessoas, até me esquecendo do meu dom. Somado a esta história tem o fato de que dediquei muito tempo à minha vida profissional para me capacitar e oferecer o melhor de mim e me tornar financeiramente independente, pensando assim ter a possibilidade de encontrar um parceiro amoroso que tivesse como pilar o amor verdadeiro. No entanto, me encontro com 45 anos, procurei vários tipos de terapias convencionais e alternativas de autoconhecimento com objetivo de reconhecer e curar minhas feridas, aceitar a minha história, superar as mágoas, encontrar meu verdadeiro dom, mas observo que minha vida não está fluindo como desejava. Ainda não construí minha família, não encontrei o meu parceiro amoroso, e nem tive filhos, e tenho dúvidas dos meus dons verdadeiros. Tento cada dia mais, viver o momento presente, esquecer o passado, agradecer as pessoas ao meu redor e tudo o que conquistei de autoconhecimento e fortalecimento, mas sinto falta da família amorosa na minha vida. Esse é o meu aprendizado? Não estava planejado para minha vida um encontro com um parceiro amoroso e filhos? Quais orientações os Mestres poderiam me dar? Muito obrigada.

Resposta:

Saudações filha. Por muito tempo se envolveu nos laços energéticos familiares, a ponto de abandonar seu próprio propósito. Porém, não se culpe por isso, pois todas essas restrições e dores que vivenciou foram ancoradas em ti através de seu registro Akashico (DNA). Ao nascer nesse corpo físico, recebeu de herança todo o histórico familiar de restrições. O que sente, portanto, não é em razão das brigas que vivenciou, pois isso seria facilmente superável com novas experiências. As restrições que carrega que são convertidas em mágoas profundas é algo mais interno, em um nível familiar de seu registro como alma. Mas ao entender isso você será capaz de se libertar e se purificar em todo o seu amor. Ao encarnar em um determinado círculo familiar, você acaba por incorporar todas as restrições de muitas gerações. Soma-se a isso a pressão social que se converte em culpa, em se sentir responsável pela libertação de todos. Mas ao abandonar essa culpa, ao deixar de se sentir responsável filha, você estará não apenas se ajudando, mas ajudando a todos. Porque energeticamente vocês estão vinculados por meio de uma constelação familiar. E ao abandonar tudo o que sente você estará progressivamente ajudando a limpeza de todos os envolvidos. O melhor remédio para um círculo familiar doentio filha, é o abandono. Mas não dizemos sobre o abandono material, físico, mas interior, de não mais se sentir responsável por ninguém. Apenas procure essa autonomia interior dentro de si, que você verá o progresso não apenas em ti, mas estendido a todos. Para isso, no entanto, terá que ter força e convicção para lidar com as chantagens emocionais que surgirão. Mas com amor e consciente de seu propósito tudo se tornará mais simples. Esteja em paz.

Sou Mestra Nada

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Março de 2017.

Colaboração: Ilza Barreto.


Fonte: www.pazetransformacao.com.br