quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

PALAVRAS AO VENTO Nº 4



Todas as quartas-feiras publicamos uma coleta semanal das mensagens de nosso grupo, a fim de nos lembrarmos de parar a respirar um minuto a receber a chama branca da pureza e ascensão.

Para ler as mensagens clique no link.

Gratidão a todos.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

PALAVRAS AO VENTO Nº 3



Todas as quartas-feiras publicamos uma coleta semanal das mensagens de nosso grupo, a fim de nos lembrarmos de parar a respirar um minuto a receber a chama branca da pureza e ascensão.

Para ler as mensagens clique no link.

Gratidão a todos

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

PALAVRAS AO VENTO Nº 2


Todas as quartas-feiras publicamos um resumo semanal das mensagens de nosso grupo, a fim de nos lembrarmos de parar a respirar um minuto a receber a chama branca da pureza e ascensão.

Para ler as mensagens clique no link.

Gratidão a todos


sábado, 24 de novembro de 2018

A ressonância do coração - Pai Benedito



Que o coração bata forte no peito daquele que consigo leva o amor.

É uma frase óbvia né fio? Muito óbvia. Mas na obviedade há segredos escondidos que abençoam aqueles que nutrem sentimentos nobres por onde passam.

Imagina então, fios, que o ceis são um pequeno assobio. Não tem aqueles estridentes, desafinados, que incomodam? E não tem aqueles que trazem harmonia por onde passam, levando bons sentimentos? Tem de tudo quanto é assobio né fio?

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

PALAVRAS AO VENTO Nº 1



Iniciamos um novo trabalho no blog, “palavras ao vento”.

Sempre que possível será publicado em nosso grupo do facebook pequenas lembranças para nossos dias e, às quartas-feiras, divulgaremos um resumo semanal no intuito de ancorar a chama branca a nossa semana.

Gratidão a todos


sexta-feira, 9 de novembro de 2018

A devoção dos mansos e pacíficos - Mestre Kuthumi



Filhos, erguei-vos em devoção a Deus.

O devoto é complacente porque assim se tornou seu coração. É calmo, suave, leve, porque traz antes de tudo compreensão, aceitação e compaixão.

domingo, 30 de setembro de 2018

Despertando para a realidade das Leis Divinas (uma outra visão do mundo) – Mestre El Morya




Que hoje a dor e a dúvida se convertam na temperança do sublime que confia na verdade das Leis Divinas.

Irmãos, muitas vezes se afligem simplesmente por se esquecerem que fazem parte do todo. Algo tão simples, mas que pode ser visto e comprovado das aflições que vivem em seus dias, nas revanches que entram, nas dúvidas que trazem em seus corações, nas dores da alma. Vivem tudo isso porque estão a se lembrar o que realmente é viver e experimentar as Leis Divinas no processo de despertar para a sabedoria interior.

Observamos almas vivendo a vida física totalmente inconscientes da divindade que são, imersos no meio físico. E não há julgamento nessa afirmação, apenas constatação, porque esse processo todas as almas encarnadas vivenciaram ou vivenciam.