terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Sejam os mestres do Coração – Mestre Jesus



Queridos irmãos!

Um novo ciclo se inicia em suas vidas, aquelas em que uma nova jornada de amor, de fé, de irmandade, de integração com a luz se faz no horizonte. Para que sigam por esse caminho, basta que se entreguem a essa nova energia, permitindo-se ser aquilo que são. Isso é tudo, porque vocês são tudo e tudo são vocês.

Em suas vidas e nessa existência terrena têm sido levados a acreditar que são indignos, que estão em um mundo para purgar antigos erros, que o Pai os colocou em "castigo”, assim como fazem com crianças mimadas. Essa é a crença que prevalece, que os levou a estarem nessa posição de espera. Aguardam pelo governo, aguardam a volta do salvador. Aliás, indignam-se com o governo e com a religião que não os traz o que esperam. E assim vão esperando, mas o fazem porque seguem aquilo que lhes ensinaram e que aceitaram como verdade: a crença de que por si só não seriam capazes. Acreditam ser insignificantes diante da criação e dos "erros" que cometeram, então devem passar pela dor, sofrimento e dificuldades, a fim de espiar as obras do passado.

Isso, filhos amados, foi o que o sistema quis que acreditassem. Dizem até mesmo que morri na cruz para os salvar de todos seus pecados, quando meu único propósito era que eu fosse um mestre em terra. Sendo, eu pude lhes trazer um exemplo de obra e maestria na vida física. Seguindo meu coração, acabei por levar a palavra do Pai e mostrar um novo modo de ser. Mas esse foi o propósito de minha última vida, assim como é o de vocês. 

Ao assumirem toda essa energia de culpa, foram se aprofundando nas energias densas, considerando-se pequenos e indignos de serem filhos do Pai. Tanto que muitos me chamam de filho de Deus, como se fosse o único deles e vocês não tivessem essa dignidade, sendo indignos de pertencerem à criação e a tudo que é. Nessa energia de negação se esqueceram que são mestres, que todos somos filhos do mesmo Pai, provenientes da mesma fonte e que possuem em seus corações a mesma energia que possuo. Estão tão preparados a serem mestres de si, como qualquer um de nós que estamos do lado de cá do véu. 

Amados irmãos, amados mestres, filhos do senhor, como fico feliz de me referir dessa forma a vocês. Ainda mais feliz quando percebo que muitos de vocês já são capazes de assim se verem. Isto já está a ocorrer, em grande número. Isso é tudo pra mim e para nossos irmãos. Queremos que se vejam em toda confiança, que se utilizem de sua intuição e sigam seu coração e que manifestem no mundo físico o mais puro amor do Pai. É assim que os vemos e é assim que devem se buscar. 

Meus irmãos do coração, mestres em toda riqueza de nosso Pai! Considerem amar-se, respeitar-se, ouvir-se e deixar que sua voz mais amorosa prevaleça. Assim estarão vindo até nossos reinos para nos tornamos um, como é o desejo de nosso Pai. 

Ao assim se reconhecerem como merecedores, estarão se afastando da mente e adentrando na amorosa energia que lhes proporciona o coração. Porém, muitos talvez estejam a se questionar que veem muitos de seus irmãos trilhando o caminho da luz e que gostariam de ir pelo mesmo caminhar, mas lhe falta força e coragem de o mundo enfrentar. 

Eu lhes digo, meus queridos: nada precisam enfrentar para que sejam vocês em toda sua essência; basta que se entreguem ao fluir e se aceitem. Mantendo sua paz interior não terão mais necessidade de provar nada a seus irmãos. Não terão que trazê-los a seu caminho nem seguir o deles, pois apenas seu coração prevalecerá. Ao assim fazerem, a sua simples presença dirá tudo sem que discutam, sem que provem, sem que se julguem melhores ou piores. Vocês estarão sendo, então, essa presença de paz, de amor, de centramento que se manifestará de forma suave, como fazem os mestres, como vocês o podem fazer! 

Imaginem um mestre que admiram. Vocês o imaginam tentando provar algo, discutindo filosofias religiosas, se tal fato de deu de uma determinada forma ou não? Ou o veem sendo, manifestando a maestria em seu modo de ser, irradiando sua paz interior? 

Agora façam isso com vocês: imaginem-se mestres de si. Como seriam? Mantenham-se na paz crística e reconheçam-se naquilo que realmente são. Parem um minuto, olhem para dentro de si, busquem o mestre do coração. Como ele é? Não julguem, não entendam-no e não temam: sintam-no! Deem-se esse presente. Vocês são filhos do Pai assim como eu, lembram-se? Então, sejam vocês e, ainda que por um minuto, tragam esse mestre até sua presença. Ele é amoroso. Reconhecem sua maestria? Ele se permite. São vocês, meus irmãos. Esse mestre - são vocês. 

Compreendem, meus amados? Não precisam provar, nem entender. Basta que sintam-se, permitam-se e se entreguem ao seu coração, que sua presença será a prova de tudo. Eu estive entre vocês e minha presença é lembrada pela vida e obra, sem que eu escrevesse uma única linha. Não há essa necessidade, entendem? Agora, minha promessa a vocês: muitos de vocês também serão lembrados. Estão preparados para isso? Chegou o momentos de se permitirem, se aceitarem, simplesmente confiarem e se entregarem a tudo que são. Entreguem-se ao amor que ele os guiará. Tragam esse mestre até vocês e sejam ele, em toda sua essência. Não precisam fazer nada, além disso. Isso é tudo e basta! 

De seu irmão amoroso. 

Jesus 

Thiago Strapasson - 29.12.2015

fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Pai Benedito de Angola




Quem foi ele? Foi aquele que pela porta estreita passou. Mas se ela se fazia estreita e ele era grande, como então ele passou?

Sua grandeza fez com que pela porta estreita passasse. Os estreitos não passam pela porta estreita, porque ela é dos grandes.


Os estreitos vão juntos à grande porta. Eles andam em massa! Os grandes andam sozinhos, então chegam a porta estreita e por ela passam.

Na porta estreita o coração forte é que se achega, porque ele tem coragem a seu destino enfrentar. Ele foi grande e na sua grandeza até a porta estreita sozinho chegou.

Quantos estreitos até ela tentaram chegar, mas acabaram por se esquecer do amor! Desviaram-se e os demais à porta larga seguiram.

Esse é o pai Benedito, do povo de Angola, homem de coração grande, de alma maior, que não segue a multidão. Seguiu o amor e na sua humildade à porta estreita sozinho foi.

Lá passou por ela e na sua grandeza o paraíso encontrou, logo atrás da porta estreita.

Salve povo de Angola, salve o povo sofredor, que foram grandes e pela porta estreita passaram, onde o senhor os acolheu com seu amor.

Estejam em paz, boas festas.

Do povo de Angola

Thiago Strapasson – 23.12.2015

fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Entreguem-se ao coração! - Serapis Bey



Mestres amados!


Voltamos agora para lhes trazer um novo ciclo de ensinamentos sagrados a os auxiliarem ao caminho da ascensão. Nosso companheiro já sabe o que está a realizar. Pedimos que, assim como ele o fez, olhem as cartas anteriores em um contexto maior e não como mensagens isoladas. Todas se enquadram em um contexto de elementos e estudos sobre o processo de ascensão pessoal e global. É uma grande honra à nossa fraternidade de irmãos trazer ao vosso auxílio, esse ciclo de ensinamentos sagrados. 

Mas hoje vimos lhes falar sobre uma outra qualidade da chama da ascensão, a que os auxiliará no processo de transmutação de seu centro cardíaco em um coração ascendido, integrando todos os centros energéticos de seus corpos, os denominados chacras, ao pulsar universal.

A chama da ascensão possui a função primordial de os orientar e, desse modo, de os auxiliar na mudança de hábitos e comportamentos para que seus corpos se elevem em termos vibracionais. A chama estará os orientando ao equilíbrio. Estarão se tornando mais equilibrados, coesos em suas decisões. Estarão cada vez mais se aproximando de seus sagrados corações e de suas consciências espirituais. A chama os orienta a se aproximarem de seus corações, a tomarem contato com seu eu interior e com a presença “Divino Eu Sou em meu coração”. Vocês, então, se elevam e passam a optar por hábitos e comportamentos mais elevados. Seus corpos passam a pedir essa alteração vibracional em suas decisões. À medida que esse processo progride seus corpos vão se equilibrando. Todas as manifestações de desequilíbrio progressivamente cessam e estarão cada vez mais centrados em seus sagrados corações.

Nesse processo de reequilíbrio de seus seres a chama da ascensão estará também a realinhar e reequilibrar os centros energéticos de seus corpos. Os chacras estarão se unificando energeticamente e se integrando aos sagrados corações que tornar-se-ão plenos e completos. Todos seus corpos se encontrarão em único fluir, em um único pulsar, no fluxo e pulsar da unidade de intenções junto à criação. É um magnífico processo no qual a chama da ascensão estará a os auxiliar. Porém amados, ouçam essa expressão: auxiliar.

O trabalho da chama depende de se entregarem ao coração, de buscarem a interiorização, de tomarem contato com as energias sagradas de seus corações, de sentirem o pedir de seus corpos, de seguirem suas intuições e a distinguirem do querer da mente, afastando o medo e a dúvida em suas vidas. Depende de se liberarem e se entregarem em confiança ao Pai e a tudo que é.

O Pai celestial lhes trouxe um maravilhoso instrumento para ascensão, a chama sagrada, que é um guia, que está a os orientar. Mas necessitam permitir, entregando-se num nível energético aos seus corações, liberando sua atuação para elevação de seus corpos. Assim, progressivamente, estarão permitindo que ela trabalhe com seus centros energéticos, unificando-os em equilíbrio ao seu coração.

À medida que seus sagrados corações forem unificados aos demais centros energéticos de seus corpos, a chama sagrada que guardam em seus corações estará a flamejar com maior intensidade, aumentando seu campo de irradiação. Progressivamente estarão a senti-la com maior ardor e estarão irradiando seus dons sagrados a todos que se puserem em seu campo de vibração.

Observem, meus amados, que ao se entregarem, confiarem e permitirem em disciplina amorosa, a chama estará a os orientar ao fluxo. Ao se entregarem estarão dando prevalência a seu querer interior, amando-se, perdoando-se, respeitando-se em toda sua soberania, modificando-se e optando por hábitos e comportamentos mais elevados. Estarão, dessa forma, a se elevarem e a permitirem que a chama da ascensão atue em seus corpos. Tudo que precisam fazer, no entanto, é se entregar e confiar na orientação do coração para que o processo se dê.

Trata-se a chama da ascensão de uma energia que reconhece sua luz. Ela atua com sua permissão, à medida que se entregam ao coração. Essa chama se manifesta em seus corpos porque reconhece o equilíbrio amoroso de seu ser. Ela só atua com sua permissão porque nosso Pai é sábio e benevolente. Nosso Pai deseja que seus filhos estejam equilibrados ao pulsar universal, unificados em seus corações. Ele lhes concede os instrumentos e toda a ajuda à os auxiliar, mas jamais passará por seu livre arbítrio. Por isso, vocês precisam liberar e permitir que a ajuda disponível os alcance. Nosso Pai os respeita em toda sua divindade porque ele os ama profundamente!

Ao unificarem seus sagrados corações aos demais centros energéticos de seus corpos estarão ascendendo a uma consciência e a um modo mais amoroso de ser. Toda sua energia estará integrada em um único pulsar, o da unidade de intenções em comunhão com a criação. Assim estarão manifestando amor, confiança, sabedoria e uma luz radiante indescritível. Estarão na plenitude de seus seres, onde o Pai os deseja ver. Estarão em unidade a tudo que é, portando um coração ascendido.

Para isso, meus filhos amados, necessitam se colocar em disciplina amorosa ouvindo seus corações, interiorizando, sentindo a mensagem que seus corpos lhes trazem, buscando o equilíbrio e o bem estar em meio ao plano físico, liberando, assim, todas as amarras de seus seres, colocando-se em confiança.

Porém, amados, o caminho é liberado por vocês! Possuem toda a ajuda de seres celestiais, tudo, absolutamente tudo está disponível para que trilhem o caminho do coração e da grandiosidade de seus seres. Basta que se entreguem ao fluir, em disciplina. Isso é o que vai os conduzir ao caminho da felicidade e do bem estar, para que acessem toda riqueza e abundância que o Pai disponibiliza a seus filhos, para que liberem seu mundo e retornem a plenitude de seus seres à unidade de intenções.

Vimos hoje, portanto, a pedir que liberem seus medos, suas angústias e seus sentimentos substituindo-os por formas mais elevadas de ser, entregando-se ao coração. Vejam-se no fluir universal e confiem na providência amorosa do Pai que os ama e jamais abandonará seus filhos. Confiem na criação! Saibam que são amados e respeitados, então abdiquem de controlar a tudo e a todos. Utilizem-se da energia da aceitação. Aceitando estarão movimentando a poderosa energia do fluir universal. Amem-se, pois são amados. Confiem, pois toda a ajuda está disponível. Sigam seus corações, pois são sábios e saberão sentir seus corpos que estarão a os guiar.

Assim fazendo estarão ancorando a luz necessária para que a chama da ascensão os irradie, permitindo que atue em seus corpos, unificando-os aos sagrados corações para que retomem a plenitude e unidade de intenções. Esse é nosso pedido de hoje. Libertem-se do controle, aceitem as situações que se apresentam, confiem na providência, sintam o querer interior e se entreguem a ele com todo seu coração, pois estarão a se elevar, ancorando luz à libertação de seu mundo.

Eu sou o mestre ascendido Serapis Bey e desejo de todo meu coração que manifestem o equilíbrio de sua alma em meio ao plano físico; que unifiquem seus corações aos nossos, pois somos irmãos e, assim, construam um mundo de amor e benevolência; que liberem o caminho para que, se entregando em confiança, possamos os auxiliar.

Com todo meu amor.

Mestre Serapis Bey

Thiago Strapasson - 22/12/2015

fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

sábado, 19 de dezembro de 2015

A Chama Trina - Mestra Nada




Filhos amados! Que as bênçãos de nosso Pai os aliviem a expandir seus corações. É sempre um enorme prazer poder os ofertar essas breves palavras pelas quais transmitimos os ensinamentos sagrados de nossa fraternidade.

Venho com a tarefa sagrada de lhes falar sobre as energias do amor, da força interior e sabedoria que carregam em seus corações e com a nobre missão de lhes dizer sobre as energias que compõem seus sagrados corações. Energias essas, que demonstram sua essência divina, em toda benevolência do Pai Celestial.

Já os dissemos que a própria chama de Deus está guardada em seus sagrados corações e que são Deuses em um ambiente físico de restrição. A chama sagrada “Deus Eu Sou em Meu Coração” evidencia toda sua divindade quando os vemos sob nossa perspectiva. Pedimos em outra oportunidade que a reconhecessem e se respeitassem enquanto seres divinos que são, bem como que a conhecessem em seus irmãos.

Porém, há três energias fundamentais contidas em seus corações: a chama do amor e do Espírito Santo criador, a chama sagrada do poder, da força interior e da fé em seus atos e a chama da sabedoria, pela qual podem se reconhecer em toda sua essência. Em seus corações se encontram tais chamas sagradas, - um sopro do criador que faz com que se tornem os próprios Deuses, porém em um ambiente de restrição da consciência.

Ao adentrarem nesse mundo, o criador lhes dá o impulso inicial, que é a benção da vida física através do sopro da chama sagrada do divino Espírito Santo. Essa chama colocará seus corpos em ressonância e vibração sempre que entrarem em contato com o amor. Na vida física, sempre que forem tocados pela energia do amor, algo interiormente irá ressoar, trazendo-os uma maravilhosa sensação de prazer, acolhimento, completude e bem estar. Diante dessa energia não existe solidão, vocês sentem-se unificados à criação novamente!

Amados, quantos atos de desatino e desequilíbrio foram manifestados pela busca do amor! Buscam “externamente” um amor que o Pai deixou a flamejar em seus sagrados corações. Fazem sem o saber que não precisam buscá-lo externamente, pois ele está ao seu alcance. Basta que o acessem em seu interior.

Mas é natural, filhos amados! Ao tomarem contanto com a energia do amor, essa energia irá ressoar com a chama de seus sagrados corações. Irá trazê-los a uma maravilhosa sensação de bem estar e conforto. Então, passam a buscar mais dessa maravilhosa sensação, que está, entretanto, sempre em seu interior. Tão perto!... Porém, fazem tanto esforço a obtê-la, por pensarem estar tão distante!

Ao receberem a vida, recebem, em benevolência, a chama que irá os sustentar em meio ao plano físico, a chama do poder, da força interior, de sua soberania. Chama essa, que por muito tempo esteve a os flamejar com um fogo contido, apagado, levando-os a se esquecerem que o poder está em vocês. Não precisam buscá-la em bens externos, em uma corrida desenfreada de ostentação, por mais e mais, que nada os acrescenta. Ao deixarem de acessar essa chama interior, então, procuram o poder no exterior, levando-os à vaidade e à manifestação da exuberância do ego. Porém, amados, tudo isso decorre de estarem privados de reconhecer seu poder interior, que está também guardado em seu sagrado coração, por darem prevalência à mente. 

Carregam, ainda, a sabedoria universal que sempre os levará ao bom tom, à suavidade, àquela energia de conhecimento e aceitação. Quando acessam essa energia sagrada, simplesmente sabem! Não precisam mais buscar referências exteriores de conduta. Essa chama sagrada os leva à maestria de seus seres, permitindo-os afirmar ser “Eu sou o que Eu sou porque o conhecimento de todo o universo está em meu coração”.

Por tal razão, posso afirmar que me conheço em toda plenitude. Sei onde ir, o que buscar e eu me conheço em a toda extensão do universo. Juntas, essas três chamas lhes trazem a plenitude do Pai Celestial e se manifestam como uma forte energia criativa capaz de produzir as mais belas maravilhas desse cosmo. Esses são vocês em toda sua essência!

Porém, ao adentrarem ao ambiente de restrição em que se encontram, a maior dentre todas as dificuldades é o afastamento da chama sagrada “Deus Eu Sou em meu coração”- a Chama Trina Criativa. Ao adentrarem ao ambiente físico, sua consciência é conectada ao corpo físico. A densidade desse ambiente a restringe. Então, passam a se confrontar com as energias do eu sou físico, do eu racional, do ego. Há um confronto interior entre a consciência espiritual, em restrição, e o eu racional que tem a função de os proteger fisicamente do mundo exterior. No início, o eu físico os levará ao medo, à dúvida, à necessidade de auto afirmação e ao controle.

À medida, porém, que vão ganhando maturidade, vão se equilibrando. O Eu Sou, sua essência espiritual, começa a ressoar e a prevalecer. Então, em um segundo momento, começa a distinguir claramente entre aqueles quereres e desejos do ego e do caminho da ressonância do coração. Esse processo os leva ao acesso e reconhecimento das energias contidas em seus sagrados corações. À medida que vão se afastando amorosamente dos desejos egoicos da mente, começam a acessar os sagrados corações e a sentir seus corpos num processo de interiorização. Então, ao o acessarem, estarão a se amar, a se conhecer e a confiar em si mesmos. Estarão prontos a co-criarem num mundo em ressonância com as energias sagradas de seus corações, manifestando suas consciências espirituais.

Nesse processo não haverá mais necessidade de buscar aquele ato de amor, pois serão a própria existencial amorosa. Não haverá mais necessidade do poder, pois sentirão o poder em vocês. Não precisarão mais de referências externas, pois todo o conhecimento estará em seu coração. Passarão a sentir o auto amor, a auto confiança e o autoconhecimento. Seu coração estará a irradiar tais energias a seu corpo físico, trazendo sensações de bem estar, prazer e acolhimento que suprirão qualquer necessidade de busca exterior. Estarão em equilíbrio. Cessam as buscas externas. Tornam-se plenos em si mesmos. Estarão a apresentar ao mundo exterior essa linda realidade que está em seu interior. Toda sua plenitude será irradiada.

Vejam, amados! Tudo aquilo que buscam externamente está em seu coração: o amor, o poder e a sabedoria. Por isso o dissemos que em seus corações está tudo que necessitam. Absolutamente tudo! O pai é amoroso e lhes deu esse lindo presente. Usem-no. Sintam-no. É um instrumento divino de plenitude que o pai os concedeu.

Por isso, mestres amados, pedimos que se interiorizassem e sentissem seus corpos, pois assim estariam acessando seus sagrados corações e reconhecendo as energias de bem estar, equilíbrio e prazer que eles irradiam aos seus corpos, sempre que suas decisões ressoam com sua consciência espiritual.

Quanta complexidade por parte do Pai nesse processo energético! Sintam a benevolência de nosso Pai que os concedeu um instrumento completo que os levará à maestria e ao auto reconhecimento! Reparem, de outra forma, a simplicidade que há nesse complexo mecanismo, porque nosso Pai é sábio e amoroso.

Com todo meu amor e com grande emoção por esse sagrado momento.

Eu sou Nada e sou extremamente grata por terem me permitido que lhes trouxessem essa breve explicação sobre o instrumento que é seu Sagrado Coração. Utilizem-se dessa ferramenta divina.

Mestra Nada

Canal: Thiago Strapasson – Dia 19.12.2015

fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Liberem suas dores da alma - Lord Emanuel




Amados mestres, é com todo amor que guardo em meu coração que os recebo nesse momento. Sintam o carinho que nutro por cada um de vocês. Sim, amados, estivemos juntos inúmeras vezes e vocês podem atestar isso ao sentir a energia que lhes irradio. Ela os trará à lembrança de um antigo conhecido, um grande amigo do coração.


Saudações! Sou eu que estou aqui. Seu amigo, Lord Emanuel. Podem sentir-me? Então respirem e sintam meu abraço carinhoso. Apenas respirem, calmamente e sintam todo meu amor. Eu os trago até meus braços agora, com todo esse amor que sentem, para afagar suas angústias, dúvidas, receios, todas essas dores que carregam com vocês. Eu as acaricio com todo meu amor e elas se vão para que se aliviem.

Nesses tempos, seus sentimentos estão brotando, jorrando, ressurgindo e isso lhes causa grande angústia, algo como uma saudade, uma solidão! Mas esse é um processo de limpeza, de reconhecimento. É o seu renascimento! Vocês estão renascendo e as dores, as dúvidas atestam essa ressurreição. Elas estão prevalentes agora, para que aprendam a senti-las e assim possam recebê-las com todo amor, acariciá-las e tratá-las, transmutando todo aquele peso em suavidade.

Ao recebê-las estarão a os aliviar. Elas foram responsáveis por muitas das agressões que causaram contra si, pelo desequilíbrio que muitas vezes manifestaram. Dores essas que traziam de longa data, mas agora apenas se permitam senti-las! E não há qualquer julgamento aqui, meus amados! Vocês percebem? Podem senti-las agora. Entendam que elas os tornaram mais fortes, mais preparados espiritualmente. Elas o ajudaram a ser quem são. Então, lhes deem o carinho que elas merecem por ter trilhado esse caminho junto de vocês, e depois as liberem para que possam seguir seu destino.

Mas repito, meus amados, não há qualquer julgamento! Foram experiências que se vão, para que outras venham. É assim que o Pai os vê! Então, por que estão a se julgar? Vocês são lindos e perfeitos em toda soberania e é assim que a criação os vê!

Mais que isso, os vemos como valentes que apesar de toda restrição, das dores que carregaram, dos confrontos que passaram se mantiveram ao alto e assim estão a criar um novo mundo. Não há motivo para julgamento! O tempo é de festa e comemoração. Foram bravos! Nossos mais sinceros aplausos. Escutem-os e os recebam como prova de nosso amor.

É o momento, então, de sentirem todas essas dores que por tanto tempo os ajudaram a caminhar por esse mundo. Sim, porque ao as carregarem, elas os impunham uma série de restrições e, assim, permitiam que caminhassem nesse mundo de dificuldades. No novo mundo que estão a criar se tornarão seres plenos. Então, não precisarão mais delas! Deem-nas um beijo na face, como faz um pai que libera seu filho à vida, e deixem-nas ir. Elas não os pertencem mais. Agora vocês retomam sua maestria para expansão de sua consciência. Ah! Não se esqueçam de agradecê-las por terem permanecido aí ao seu lado, mas liberem-nas!

Ao as liberarem estarão a reconhecer tudo que merecem, a plenitude do Pai Celestial. Deixem-nas ir e passem a sentir a paz interior, o amor próprio, o merecimento em toda sua soberania. Vocês fizeram algo grande, liberaram seu mundo. Então, agora se acariciem e permitam-se ressurgir em toda sua essência.

Esse é meu pedido especial de hoje! Faço-o porque os amo profundamente, com ou sem suas dores. Vocês sempre estarão em meu coração, porque sou seu amigo sincero e não nutro qualquer julgamento. Façam da mesma forma e sejam felizes, sejam seus melhores amigos, pois é esse o desejo de nosso Pai!

Com profundo amor.

Lord Emanuel

Canal: Thiago Strapasson - 16.12.2015

fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Seus corpos são um maravilhoso instrumento para interiorização - Hilarion



Saudações, nobres mestres!

É com enorme alegria que me apresento a vocês nesse dia. Um renascimento surge no horizonte, logo ali, dentro de nosso campo de visão. Esse é o seu renascimento e de todo um planeta. Vocês foram preparados e se dispuseram a estar nesse momento, onde a magia se expande e todos já podem senti-la.

Mas hoje venho lhes falar sobre o sentir, sobre as sensações que seus corpos lhes trazem em demonstração do fluxo divino em caminho à perfeição. Seus corpos são capazes, por si só, de os colocarem a caminho do pulsar universal do coração, desde que o sintam e, assim, interiorizem-se.


Por muito tempo, a densidade energética não os permitia distinguir com clareza aquela informação de bem estar, de confiança, de paz interior e prazer que seus corpos lhes traziam quando estavam seguindo e ouvindo sua consciência espiritual. Isso fez com que se habituassem a não mais perceber também a agressão que muitos comportamentos traziam a seus corpos, que era nada mais que uma agressão contra vocês mesmos, um ato de desamor. Os pensamentos, comportamentos e sentimentos que sustentavam, estavam continuamente a atacar seus corpos, levando-os ao envelhecimento precoce e ao desenvolvimento de disfunções que acarretavam a perda da saúde física.

Havia, no entanto, uma sensação sutil de peso, de densidade, sempre que sustentavam esses sentimentos, pensamentos ou comportamentos em desacordo com o que dizia sua essência, sua consciência espiritual. Sempre que seguiam aquele desejo egoico, aquele querer sem um motivo elevado a o sustentar, aqueles comportamentos ou sentimentos baseados na dor humana, seu corpo estava lá a os avisar. Ele lhes trazia uma sensação de peso, de mal estar, de cansaço, de esgotamento que, ao final, era um aviso de sua consciência espiritual de que algo estava a os desrespeitar, de que estavam atuando contra si próprios.

Por muito tempo, as dores que carregavam dentro de si os levaram a praticar atos de desamor contra si próprios e a seus irmãos. Esses comportamentos, em última análise, acabavam por tirá-los de seus centros de equilíbrio, levando-os a atacarem seus próprios corpos físicos, criando esse sentimento sutil de peso, de mal estar, de stress que com a prática reiterada acabava a os levar ao desequilíbrio físico e ao desenvolvimento de enfermidades corporais.

Nos últimos anos seus corpos estão a se elevar em termos vibracionais. Por tal motivo passaram a sentir um pedido latente, agora não mais sutil, de mudanças de hábitos e comportamentos. Com a elevação vibracional de seus corpos, aquela sensação sutil de outrora, tornar-se-á evidente. Seus corpos não aceitarão mais muitos dos atos e pensamentos que faziam parte de seu dia a dia. Eles gritarão por uma mudança de hábito. Na verdade sempre gritaram, porém a alteração de faixa vibracional entre o nível que se encontravam e o que passavam a sustentar com atos de desamor era sutil. Agora essa diferença de ondas se torna maior e sentem de forma evidente a alteração do nível energético de seus corpos, ansiando por se manterem em níveis mais elevados de bem estar e saúde. Esse é um grande sinal para que mudem seus hábitos e comportamentos. Na verdade nem poderá ser denominado de sinal, muitas vezes será uma ordem, porque alguns antigos hábitos se tornarão insuportáveis de serem mantidos.

Por tal motivo, estão sentindo essa vontade latente de mudança. Muito daquilo que pensavam lhes trazer prazer e até mesmo não serem capazes de abandonar, hoje sequer mais concebem o praticar. Substituíram muitos dos antigos hábitos por uma forma mais elevada de ser e assim devem continuar a fazer. Seus corpos físicos foram e serão importantes instrumentos de indicação nesse processo de elevação.

Isso ocorre porque suas consciências irradiam substância energética que afeta seus corpos físicos. Vocês podem, dessa forma, tanto os apoiar quando estão em equilíbrio de seus corpos e querer interior, como podem os "poluir" com pensamentos e comportamentos em desalinho. Porém, todos os seus comportamentos, pensamentos e sentimentos estarão a refletir em seus corpos físicos.

Ao se interiorizarem, entretanto, estarão criando um círculo virtuoso onde estarão se reconhecendo, ouvindo o querer interior, esse querer que os levará à satisfação e bem estar, os colocando em equilíbrio energético. Seu corpo físico estará a acompanhar esse processo, trazendo-lhes satisfação e bem estar ou, de outra maneira, a lhes demonstrar quando se desviarem do caminho do coração. 

Optando por hábitos e pensamentos de desamor, imediatamente estarão a ter sensações de peso, dor, mal estar, cansaço físico e emocional. Mas saibam, queridos, que sempre que retornarem a hábitos menos elevados ou tomarem decisões em desrespeito a seus seres, esse será um bom momento para reflexão interior. Isso porque em toda manifestação de desequilíbrio estarão a encontrar uma dor humana, alguma lição que ainda não superaram. Seus corpos estarão a lhes indicar esse momento de reflexão, mas apenas buscando uma resposta interiormente é que estarão, dia a dia, se alinhando e se elevando, reconhecendo e superando essas dores que trazem em razão do ambiente de restrição que se colocaram.

O sentir é, então, um instrumento de interiorização, uma indicação, um sinal para que busquem seu eu interior, sua vontade de alma, para que se amem e se respeitam como os lindos seres que são. Ouçam-no e busquem seu sagrado coração, porque ali estarão as respostas a os elevarem ao fluxo da unidade.

A resposta sempre estará no acesso ao seu interior, mas o pai celestial, ao o permitirem adentrar nesse ambiente restritivo, os concedeu instrumentos para que se encontrassem porque ele é sábio e os ama incondicionalmente. Utilizem-se desse instrumento que o Pai os concedeu, o corpo físico, para que se encontrem e se expandam em meio ao ambiente que vivem. Assim estarão a sustentar seu equilíbrio e sua saúde corporal, num círculo de bem estar.

Eu sou Hilarion e sustento em meu coração o raio da cura e do bem estar de seus corpos. Por isso, me tornei profundo conhecedor dessa maravilhosa ferramenta que o Pai os concedeu e hoje venho lhes pedir que se atentem à mensagem que seus corpos lhes transmitem. Trata-se um importante instrumento para que retornem a seu equilíbrio amoroso.

Despeço-me com enorme amor.

Mestre Hilarion

Canal: Thiago Strapasson – 14.12.2015

Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Seus corpos lhes dirão. Sintam-no! – Mestre Serapis Bey e Elohim Pureza


Mestres em ascensão!

Hoje retornamos para lhes trazer mais uma qualidade da chama da ascensão. Diremos se tratar de uma energia que se destina a elevar seus corpos a níveis vibracionais mais sutis e elevados.

Já lhe dissemos anteriormente que se trata de uma energia orientadora, que os leva a tomarem contato com os dons que guardam em seus corações. Pedimos que se interiorizassem para tomarem contato com essa energia de orientação. Dissemos ainda que nesse trajeto estariam progressivamente se aproximando da unidade de intenções, flamejando a chama sagrada que guardam em seus seres e a irradiando aqueles que se colocarem em seu campo vibracional.


Porém, hoje vimos os apresentar outra característica dessa chama divina, a de se tratar de uma energia que auxiliará na elevação de seus corpos a vibrações mais sutis e elevadas.

A chama da ascensão estará a vos orientar, fazendo com que busquem sua consciência espiritual. À medida que acessam seu eu interior, seus sagrados corações estarão se abrindo para novas e mais elevadas realidades. Ela estará os abrindo a novas formas de ser, levando-os a abandonarem os modos em que atuavam contrariamente a seus seres e os colocavam em resistência. Esses velhos comportamentos tornar-se-ão tão evidentes, tão pesados a serem suportados, que o único caminho será que se modifiquem. Nesse processo estarão a se elevar em termos vibracionais.

Seus corpos passarão a pedir mudanças de hábitos. Aqueles antigos modos que diminuíam seus níveis vibracionais se tornarão cada vez mais evidentes, levando-os a os abandonarem e a os substituírem por maneiras mais elevadas de ser. Nesse campo, a qualidade orientadora da chama da ascensão ganha prevalência novamente porque, à medida que se interiorizarem e ouvirem seus sagrados corações, mais fácil será a transição desses antigos hábitos para a nova forma de ser.

A forma como farão esse processo de elevação dos corpos depende exclusivamente do quanto estão flexíveis a aceitar as mudanças de hábitos. Poderão senti-las e aceitá-las, permitindo a modificação de seus antigos comportamentos ou podem lutar contra as mudanças, afastando-se de toda a ajuda que se encontra disponível e mantendo-se em resistência. O processo será áspero ou suave de acordo com a forma como aceitarem a transformação interior pela qual estão passando.

Ao aceitarem as mudanças, substituindo aqueles hábitos menos saudáveis por outros em maior ressonância com seus seres que ressurgem nesses momentos de transição, estarão optando por um caminho em comunhão e suavidade. Estarão ouvindo seus sagrados corações dando prevalência a sua voz interior, retomando sua soberania e, assim, expandindo tudo que são.

Nesse sentido, a chama sagrada da ascensão acabará por os levar ao equilíbrio de seus corpos. Ao retornarem a um ponto de equilíbrio diário em termos de atitudes, comportamentos, sentimentos e expressões estarão dando nova oportunidade para que a chama da ascensão atue, unificando seus pontos enérgicos ao chakra cardíaco. Assim, o coração sagrado volta em toda plenitude a os guiar, colocando-os em unidade de intenções ao pulsar universal e a tudo que é.

Então a chama sagrada da ascensão, além de os orientar, estará os levando ao caminho do equilíbrio espiritual em meio ao corpo físico. Com a consciência espiritual ressurgindo em um processo de ressureição da completude de seus sagrados corações, tornar-se-ão seres mais equilibrados, amorosos, benevolentes, capazes de irradiar os dons do coração a todos os seres desse planeta. Estarão retomando sua consciência espiritual.

A chama da ascensão então os orienta e, como já dito, para que esse processo seja mais suave, precisam se interiorizar para que se coloquem a escutar seu eu espiritual. Assim, ela os levará a substituírem antigos hábitos que eram, nada mais, nada menos, que reflexos do desequilíbrio de seus seres, por novos e elevados hábitos que refletirão sua nova forma de se reconhecer. Nesse caminho estarão a conduzir progressivamente seus corpos a níveis vibracionais mais elevados.

Portanto, permitam-se a mudança. Coloquem-se em disciplina amorosa quanto a reconhecerem aquilo que lhes traz bem estar, distinguindo daquilo que os leva a formas menos elevadas de pensamento e de ser. Sempre que optarem por um hábito antigo, menos elevado, sentirão imediatamente a diminuição de seu nível vibracional. Isso refletirá em sentir um maior peso e densidade corporal que os levará novamente a comportamentos e pensamentos menos elevados, de desequilíbrio.

Mas vejam, meus amados, o instrumento maravilhoso que possuem, - o sentir. O sentir lhes mostrará aqueles hábitos que necessitam modificar para elevar seus corpos novamente à perfeição divina e à unidade de corações. Atentem-se doravante a esse sentir e sempre que sentirem seus corpos densos, pesados, que um mal estar os tomar, será esse um grande sinal para que se interiorizem, para que busquem dentro de si aquele comportamento ou pensamento que os conduziu até aí. É um caminho que devem trilhar para que possam, ainda nessa vida física, colocarem-se novamente em unidade, abrindo-se à plenitude que o criador os oferece.

À medida que fizerem esse percurso, uma felicidade sem fim, um sentimento de plenitude, uma paz interior, uma energia de merecimento e reconhecimento passará a os tomar. Trata-se de um círculo virtuoso, no qual cada vez mais estarão a modificar seus hábitos a fim de se manterem nesse estado de plenitude e, assim, estarão a elevar seus corpos.

A chama da ascensão é mais um instrumento que o pai os coloca para que possam usufruir do bem estar e da felicidade que oferece aos seus filhos. Eu lhes asseguro! Não há nada nesse mundo que possa substituir a felicidade e o bem estar que o reequilíbrio de seus corpos lhes proporcionará.

Meu pedido hoje é que se observem, que sintam em seus corpos, aqueles hábitos que os elevam e os contrapõem àqueles que os tornam densos e pesados, que lhes põem em negatividade. Permitam-se se reequilibrarem para que se elevem e sintam a felicidade que é estar em plenitude de amor e em comunhão com a unidade.


Esse processo fará com que retomem a plenitude de seus corações, que expandam sua consciência, retomando toda a sabedoria para se colocarem em amor à criação.

Por muito tempo, sustentaram hábitos que destruíam não apenas seus corpos, mas seu planeta. Esses hábitos os levavam à negatividade e traziam densidades totalmente desnecessárias a seus corações. Porém, eles progressivamente estarão a se tornar um fardo, um peso insuportável. O próprio mundo em que vivem se tornará uma resistência a seus seres, por isso estarão a o modificar. Então, fatalmente, estarão a modificar esses comportamentos destrutivos, pois eles não encontrarão a menor ressonância em seus corações. Ao modificarem esses comportamentos menos elevados acabarão por modificar seu mundo.

Não existe separação. Vocês são o todo e o todo são vocês. Não existe um “eu me transmutar, me modificar,” sem que o exterior se altere. Tudo é um e tudo está interligado. Essa é a beleza da criação!

A chama da ascensão estará elevando seus corpos, orientando-os à interiorização e ao auto amor, ao auto respeito, a se reconhecerem em toda sua soberania e assim estarão fazendo com seu mundo. Vocês são os instrumentos do Pai Celestial para ascensão de Gaia.

Não há palavras para descrever a beleza, a grandiosidade desse processo que o Pai Celestial planejou e vocês o executam. É algo grandioso, lindo, magnífico, esplendoroso, nunca antes visto nesse cosmo. Seus corpos estarão se elevando, vocês modificam seus hábitos, estarão se reconhecendo em plenitude e, assim, estarão permitindo a elevação planetária.

Como gostaria de os mostrar esse processo além da limitação dessas palavras! Nosso amigo tenta demonstrar o que sente, mas ele está limitado por seu vocabulário (nesse momento fui tomado por um grande amor e me surgia a imagem de uma nova estrela nascendo, uma luz rubi maravilhosa em meio ao cosmo). É algo grande, muito além do que concebem em seu atual nível de consciência.

Portanto, entreguem-se a esse processo de todo coração, pois receberão algo enorme em retorno: o poder sentir o amor que nutrimos por todos vocês e um novo mundo que os incentivará a que sejam plenos e felizes, amando-se incondicionalmente.

Eu sou Elohim Pureza. Venho a pedido de mestre Serapis Bey para lhes trazer esse processo sob nossa perspectiva. Carrego em meu coração a sagrada chama da ascensão e flamejo seu mundo nesse momento, em benevolência a tudo que é.

Eu sou o mestre ascendido Serapis Bey e desejo que em breve possamos nos colocar novamente em unidade de corações e intenções, porque assim deseja nosso Pai.

Com muito amor

Mestre Serapis Bey e Elohim Pureza

Canal: Thiago Strapasson – 11.12.2015

Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Flamejem o trajeto da locomotiva do amor – Kuthumi


Amados mestres em missão de auxílio planetário!

Vocês se ofereceram, foram voluntários a ancorarem luz e recuperarem um lindo orbe que se encontrava banhado pela densidade e escuridão.

Desde então, vêm atuando em grupos em missões locais ancorando luz e promovendo ações que modificam a consciência coletiva da humanidade. Essa foi a missão que aceitaram e que desempenharam brilhantemente.


Porém, amados, chegaram a um ponto de definição. Já ancoraram luz suficiente a fazer com que a escuridão presente no subconsciente coletivo transparecesse, brotasse, para que a luz a penetrasse. É como se houvessem manchas embaixo de um tapete. Ao o retirarem, todavia, essas marcas escuras ficam evidentes e incomodam aqueles que a veem. Então necessitam partir para uma próxima etapa, a limpeza do local. Algumas saem de forma fácil e simples, outras são tão antigas e estão tão encrustadas que necessitam de grande esforço e até mesmo de ajuda externa especializada.

Essa segunda etapa envolve o processo de interiorização à chama sagrada que guardam em seus corações. No primeiro momento ancoraram luz, modificaram a consciência coletiva, mostraram que havia mais que o que estava exposto, expuseram toda a sujeira que se encontrava debaixo daquele enorme tapete antigo. Agora passam a olhar para seus corações e a reconhecerem-se como realmente são para irradiar toda beleza que possuem e trazem com vocês.

Essa nova etapa do processo será mais suave, apesar de exigir maior disciplina e acuidade. O grande trabalho de despertar para a existência de realidades superiores e mais benevolentes foi feito. É aquele que ancorou um propósito humanitário de um futuro melhor, no qual a humanidade passa a se reconhecer como um grupo de indivíduos voltados para um objetivo de bem comum e comunhão de intenções. Com isso, deixam de aceitar qualquer concepção que os levem a um caminho que não seja o da unidade. Esse propósito foi conquistado e não há retorno para qualquer outro com resultado diverso. Vocês conseguiram dar o passo mais difícil, que muitos diziam ser impossível de atingir. Esse foi dado!

Agora os próximos passos serão mais sutis, não menos desafiadores, porém exigirão maior sensibilidade. Isso porque já existe luz suficiente que garanta um final promissor a essa história, que já está sendo contada com alegria por toda a criação. É como se já tivessem dado andamento a uma locomotiva que pela sua própria inércia, pela força que acumulou, irá se desenrolar e alcançar seu objetivo à elevação planetária.

Ao longo desse trajeto, no entanto, existirão entulhos, pedras, obstáculos, que exigem que uma comissão especial de limpeza tome a frente e vá liberando o caminho para que ela possa fluir e chegar ao local de destino. Essa comissão de frente são vocês! Vocês iluminarão e cuidarão do trajeto que essa preciosa locomotiva fará.

Em um primeiro momento, puseram em andamento esse veículo, essa locomotiva do amor. Agora, irradiando a chama sagrada que possuem em seus corações, irão iluminar o caminho para que os obstáculos expostos se tornem evidentes e, assim, outros possam vir em auxílio para retirá-los. Dessa forma, o caminho será percorrido com naturalidade, no fluxo da elevação de seus corpos.

Por tal motivo estamos pedindo que desabrochem seus corações, que confiem no criador, que sejam vocês em toda a perfeição divina do Pai Celestial. Vocês são a comissão de frente, de luz e, para terminarem esse processo, basta que se permitam brilhar, resplandecer para que todos sintam sua luz interior. Assim, a locomotiva do amor terá seu trajeto facilitado e chegará ao seu destino de forma mais rápida e suave. Não precisam mais ter qualquer receio de se permitirem brilhar, pois o velho tapete já foi retirado e agora tudo está exposto.

À medida que se interiorizarem, encontrarão as energias sagradas que guardam com vocês. Ao encontrarem-nas a irradiarão e todos aqueles que se puserem em seu caminho a sentirão. Esse será o impulso para que, em conjunto, se iluminem a criar um novo mundo. E assim estarão a se reconhecer enquanto um único grupo, sem fronteiras e sem divisões culturais ou raciais. Mas um grupo de filhos de um mesmo Pai que almeja a paz e o bem comum de toda a humanidade e do planeta.

Fizeram um excelente trabalho e, para que tenham essa certeza, basta que olhem toda sujeira que, em benevolência, encontra-se exposta. Sujeira antiga e encrustada que agora será progressivamente limpa para que possam viver em um ambiente esterilizado pela luz que irradia de seus corações.

Nos próximos tempos, portanto, estarão tomando contato com sua essência interior, com sua vontade de alma, com sua consciência espiritual. A única coisa que necessitam fazer é ouvi-la, segui-la e interiorizarem-se para que a aceitem. Encontrando suas próprias verdades, estarão a criar um mundo onde nenhuma sujeira ficará guardada. Tudo estará claro e transparente para que a paz e o amor prevaleçam.

É o momento, portanto, de passarem a se observar e de sentir suas experiências de forma distanciada. Esse é o momento a partir do qual passarão a se colocar como observadores de si mesmos. A cada dia, a cada experiência, devem sentir aquilo que ela lhe traz. É algo prazeroso? Um bem estar, ou estão forçando, se arrastando em contraposição a seu ser? Qual a sensação que aquela experiência lhes traz?

Esse é um novo momento em que colocarão em relevância o sentir, o estar em harmonia. O contraste, o difícil ficará cada vez mais evidente para vocês. Tudo aquilo que for contrário a seus seres se tornará pesado, pois o nível energético que atingiram lhes evidenciará a resistência a partir de seus corpos.

Nesse novo percurso, estarão acompanhando o trajeto da locomotiva do amor, iluminando seu caminho para a limpeza dos obstáculos e estarão cada vez mais próximos do fluxo do pulsar universal que lhes traz o coração. Atentem-se, portanto, a esse seu sentir. Tragam esse sentir em disciplina até vocês, para que se observem em suas experiências. Passem a ser seus próprios observadores olhando dentre as atividades que realizam aquelas que nada dizem a seu coração e que, portanto, os colocam ao caminho da resistência. 

Passem a procurar progressivamente e dar preferência pelo seu bem estar, por permanecerem em paz, por serem autênticos com vocês mesmos.

O sentir lhes será mais uma ferramenta à interiorização para que se conheçam, para que se lembrem de quem são. Esse sentir lhes dirá para que vieram, quais os dons que carregam dentro de si e como poderão se desenvolver. Ele os levará ao caminho da plenitude e do crescimento e os colocará em comunhão com o Todo. Esse é o seu destino, o qual já foi conquistado, - eu lhes asseguro.

Sigam a indicação de seus corpos, pois assim estarão a cada dia mais integrados ao fluxo divino e irradiando sua luz, abrindo caminho para o fluir da locomotiva do amor que está em movimento, auxiliando-a na limpeza de toda escuridão de seu mundo.

Eu sou o Mestre Kuthumi e tenho grande prazer em lhes trazer mais essa ferramenta, a de que seus corpos lhes mostrarão o caminho do coração, do bem estar e do fluxo universal. Utilizem desse instrumento que o pai os ofertou em graça divina.

Kuthumi

Thiago Strapasson - dia 10.12.2015

fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

O caminho da plenitude – Mestre El Morya e Elohim Astréa


Filhos amados, mestres a caminho da unidade de corações!

Com grande amor e festividade retornamos, agora para lhes falar sobre o querer interior, sobre a identificação dessa ânsia que lhe traz o coração, com o que está em consonância, em harmonia com seus seres e com a obra que o Pai Celestial lhes reservou junto à criação.

Na atual vida física, foram rotineiramente treinados a fazer escolhas racionais e a sempre analisar cautelosamente todos os parâmetros envolvidos antes de decidir. Todo o seu sistema de crenças educacional e social os treinou arduamente, ano após ano, a realizarem escolhas que fossem lógicas, que possuíssem justificativas e que estivessem em consonância com aquilo que a sociedade espera. Aquilo que lhes dizem ser o correto trajeto a ser perseguido e todos esses caminhos que os colocam diante de parâmetros exteriores.


Diante desse sistema de valores que incorporaram geração após geração, foram se afastando da voz que soa o coração, do pulsar universal. Sua voz interior se tornou sutil, mas esteve lá a lhes indicar o caminho da ressonância e o trajeto que lhes traz felicidade porque lhes expõe ao desejo interior mais profundo, inteirando-lhes no fluxo divino da perfeição.

Trata-se uma voz suave, macia, benevolente, amorosa que, contra tudo que acreditam, lhes diz: confiem no pai, confiem na magia e no universo. Essa é a voz de seu ser, sua consciência espiritual, a qual foram treinados arduamente a não ouvirem. Em razão de todo o treinamento que tiveram em seus lares, em suas escolas, por seus amigos e por tudo e todos que confiam e amam nesse mundo, foram ensinados que esse querer, que essa voz sutil é tola, infantil, sonhadora, que deve ser afastada porque não passa de uma ilusão.

Poucos são aqueles que, muitas vezes contra tudo e todos, continuaram a ouvi-la, ainda que não lhes fossem permitido. E sabem quem são esses, mestres amados? Esses são aqueles que denominam de prósperos, bem sucedidos em seus projetos, mas que não passam de almas que seguiram seus ideais. Pessoas que podem ser encontradas em todos os campos do conhecimento teórico ou aplicado, seja ele científico, espiritual, educacional, artístico, tecnológico, de construção, de trabalho e em todas as demais áreas que possibilitem que seus seres vibrem, ressoem, expandam em amor por tudo que é. Aquilo que faz com que comemorem cada despertar e agradeçam a bênção que o Pai os proporciona a cada adormecer.

Esses teimosos, muitas vezes contra os valores vigentes, não se afastaram de seu coração e, assim, num "salto de fé", acreditaram que havia um caminho que deviam percorrer tornando-se mais felizes, mais completos e bem sucedidos nas obras que desejaram empreender. Acordam todos os dias animados a darem continuidade à sua obra, porque sua vida os motiva profundamente.

Há uma vontade latente em seus seres que, fatalmente, em razão da lei universal da atração, os conduz ao sucesso e a felicidade, pois está em ressonância com seus corações. Essa voz interior os traz para fora do caminho da resistência, permitindo que a beleza de seus corações irradie ao mundo. Para isso, basta que escutem essa voz latente que vibra com o pulsar universal e os coloca em harmonia com o talento que Deus lhes deu em comunhão à unidade de corações.

Filhos, amados, esse é o caminho que o pai deseja que percorram, aquele que os torna seres plenos, felizes e bem sucedidos. Foi isso que o pai os reservou e é isso que devem buscar. Mas não se julguem se, por um acaso, pensam que em algum momento deixaram de buscar o caminho do coração. Tinham que percorrer o trajeto que seguiram, justamente para se lembrarem da importância de ouvir sua consciência espiritual. Já sabiam como o fazer, mas precisavam se lembrar disso porque o sistema fez com que se esquecessem. Mas lhes digo, há pessoas que ficariam apavoradas se se lembrassem disso, porque essa é a voz do poder e ela é indomável.

E se ainda assim se julgam e pensam que a abafaram, entendam que há um sistema social em seu mundo, que jamais os incentivou e impôs todas as dificuldades para que ela fosse ouvida e os treinaram para que a colocassem de lado. E foram treinados por quem mais amam e, muitas vezes, fazem isso com seus amados.Quantas vezes, mestres, em suas vidas, sentiram qual seria o caminho a ser trilhado, mas em seguida veio a análise racional, a qual foram duramente treinados a seguir e se desviaram de seu querer por acharem que não seria tão relevante assim.

Por isso, filhos, vimos os lembrar da importância de serem o exemplo da fé e de distinguirem em seus interiores essas duas vontades. Uma primeira que exige o denominado "salto de fé" e confiança na condução do pai celestial, que está em ressonância com seu coração. E uma outra que os leva ao tradicional, a qual se baseia em referências externas, que os conduzem a fazerem perguntas tais como: como meu irmão faria isso? Como que meus pais pensariam? Como a sociedade me viria se optasse por esse caminho?

Essas são as perguntas que se acostumaram a fazer, que foram treinados a realizar antes de decidirem e que se tornou sua voz prevalente, deixando a voz do pulsar universal que ressoa de seus corações quase imperceptível. Mas ela está lá! Ah, está! - Eu lhes asseguro! A voz que os leva ao caminho do coração, que os conduz ao autorrespeito, ao auto amor, que os põem em perfeição e assim os conduz à sua soberania e que fará com que suas almas ressoem em comunhão à vontade do pai.

Essa voz são vocês, grandes seres celestiais, filhos do Pai, e ela os fará com que assim se reconheçam como dignos de serem felizes, plenos e realizados. Mais que isso, essa voz os conduzirá ao caminho da perfeição, do amor ao próximo, os levará a se colocarem em unidade de intenções e os fará permitir que seus irmãos também sigam o caminho do coração. Sim, porque ao buscarem seu eu interior, o caminho de seu irmão se torna desimportante, porque vocês deixam de buscar referências exteriores e assim, no fluxo divino, passam a permitir que aqueles a quem amam também sigam seu próprio trajeto. Sempre que assim o fizerem estarão se respeitando e percebendo que seu irmão de trajeto poderá ter sua própria escolha, pois, por vocês terem feito as suas, passaram a compreendê-lo.

Filhos amados, contra todo o treinamento que receberam, vimos lhes pedir que façam o caminho inverso e busquem seu eu interior. No início, será uma voz acanhada, tímida, amedrontada, mas à medida que lhe derem prevalência e relevância, dia após dia, ela se tornará altiva, forte, autoconfiante e, então, sem que percebam estarão irradiando sua alma a todos aqueles que se puserem em seu caminho. E digo mais, nada é tarde e tudo é possível, desde que ouçam essa voz. 

E eu lhes advirto: estejam preparados, porque ela os tirará do conforto e da segurança que se acostumaram, fazendo com que sua energia interior se movimente. Ela os conduzirá à dúvida e limpará toda energia estagnada que carregam dentro de si.

Porém, lhes afirmo, de todo coração: essa voz jamais os levará ao caminho da infelicidade porque ela são vocês em toda essência. Ouvi-la, portanto, é um ato de fé, de coragem, de força interior, de reconhecerem o Pai Celestial como regente do universo e se colocarem a serviço da criação em confiança à sua maestria. Foi para isso que vieram! Ao ouvirem essa voz estarão libertando seu mundo porque não há escuridão que resista a essa luz interior.

Sigam esse trajeto abençoado pelo criador. Permitam-se sentir a felicidade e abundância ilimitada que o pai os reserva. Reconheçam-se como merecedores dessa bênção e se capacitem a recebê-la. É o que lhes peço de todo coração, porque assim o fiz e hoje posso lhes dizer que EU SOU O QUE EU SOU, - um ser pleno de amor em comunhão com a unidade.

Eu sou El Morya, mestre da força interior e, por isso, hoje venho lhes pedir: permitam que essa vontade flameje seus seres para serem plenos. Tenham fé ao caminho de toda benevolência que o pai lhes reserva.

Eu sou Astréa e, com grande admiração por tudo que são, me despeço com o coração emocionado pelo amor que sinto por todos e cada um de vocês. Estejam em paz porque guardam Deus em seus corações e, apenas por isso, nada poderá lhes ocorrer.

El Morya e Astréa 

Canal: Thiago Strapasson – dia 07.12.2015

Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Deus Eu Sou em meu Coração - Mestra Nada




Filhos do UM! 

Hoje venho trazer um recado de amor e benevolência aos seus seres, para que se vejam como realmente são e assim passem a se dar o merecido tratamento, pois guardam em seu peito a sagrada chama de DEUS EU SOU EM MEU CORAÇÃO. Em seus seres carregam toda a divindade do pai criador, a qual Ele a concedeu em amor e benevolência, para que a levassem consigo onde estiverem. 


A chama sagrada de DEUS está em seus corações, fazendo-os magníficos seres criadores, tanto quanto o Pai o é. Não são mais, nem menos; são os próprios criadores se manifestando em meio à materialidade. São Deuses atuando em um ambiente de restrição consciencial, porém isso não os torna menores que o pai celestial à medida que O trazem em seus corações, em perfeição a tudo o que é. 

Quando pedimos que adentrem a seus corações, estamos solicitando que reconheçam a divindade em vocês, que reconheçam o próprio Pai em vocês, que sejam devotos de si e Dele. Sim, porque são seres divinos e carregam em si a energia da criação, a qual o Pai os confiou, em razão do profundo amor que nutre por seus seres soberanos. 

O pai celestial, em toda sua benevolência, não somente ofereceu a seus filhos um universo ilimitado de felicidade e abundância, mas transferiu-lhes toda liberdade, maestria, sabedoria e poderes que possui. Ele o fez porque nutre em seu coração profundo respeito e amor pelo que representam. E é assim que devem se ver, meus filhos, como a própria divindade, porém em um corpo físico que momentaneamente os restringe. 

Filhos, amados, a benevolência universal anda sobre e com vocês e assim podem irradiá-la por onde estiverem. Basta que acessem o sagrado coração e irradiem a presença DEUS EU SOU EM MEU CORAÇÃO. A divindade é e está em vocês, manifestando-se a cada pensamento, a cada decisão, a cada atitude, a cada respiração. Sim, porque enquanto Deuses que mantêm a chama do pai celestial em seus corações, possuem o livre arbítrio de irradiarem tudo aquilo que mantêm dentro de si. Deus os concedeu plena liberdade para utilizarem dessa magia como quisessem. 

E, assim, em benevolência à criação e nutrindo profundo respeito ao Pai Celestial, optaram, em amor, por restringirem sua própria consciência e O auxiliarem no plano divino de elevação de um maravilhoso planeta. Adentraram a um planeta que pedia ajuda ao Pai e a toda a criação e, como verdadeiros guerreiros do amor em devoção ao Pai, estão a transformar um ambiente de escuridão e sofrimento num ambiente de luz, amor e benevolência. Irradiam a chama do amor que mantém dentro de si e assim manifestam o respeito e o amor que possuem pelo Pai, atendendo ao pedido que os fez para ajudar na elevação do ambiente em que vivem atualmente. 

Muitos dirão, pouco progresso foi feito, porém os afirmo, enganam-se os que assim pensam. Há muito amor que irradia dos atos humanos nesse momento. E não é um amor egoico e individualista, mas a humanidade progressivamente entende que aquilo que afeta um, perturba a todos, porque passam a se reconhecer um com DEUS em seus corações. Embora não seja isso que lhes digam, passem a perceber a mudança de comportamento daqueles que diariamente cruzam seu caminho. Percebam como a humanidade está reagindo a fatos coletivos que antes eram simplesmente aceitos. Esses são os verdadeiros sinais do progresso e vocês podem encontrá-los a todo momento. Basta que observem. 

E agora lhes digo, quanto mais buscarem esses aspectos sagrados guardados em seus corações, mais rápida será a manifestação de liberdade e comunhão em seu mundo. Porque, amados, não há no cosmo escuridão que resista à irradiação da energia divina de seus corações, aquela que o Pai os concedeu em razão do amor profundo que sente por vocês e, da mesma forma, vocês mantêm por ele. 

Hoje meu pedido é simples; respeitem-se por tudo que representam e pela chama que guardam acesa em seus corações. Reconheçam a divindade de cada um de seus irmãos que está ao seu lado desempenhando um papel nesse grande jogo que adentraram. Todos vocês são Deuses, irmãos, filhos de um mesmo Pai e carregam dentro de si a energia mais fantástica desse cosmo, a energia do amor e da criação, a chama crística DEUS EU SOU EM MEU CORAÇÃO. Por isso devem se conceder mutuamente o devido valor, amando-se e respeitando-se como um grupo de almas que passa por um processo de transmutação a pedido e em devoção ao amor que o Pai tem por vocês. Com isso, ajudam e modificam toda a criação. 

Eu sou Nada, filha do Pai assim como vocês. Em perfeição, manifesto a divindade de meu coração em comunhão com o Um e, hoje, lhes peço que reconheçam e respeitem a chama crística de Deus guardada em seus corações. Sejam antes de tudo devotos de si, pois assim estarão sendo devotos do Criador... Porque assim é.

Com todo carinho e amor.

Nada 

Canal: Thiago Strapasson – 04.12.2015

Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Os diferentes caminhos do coração - Rowena



Amados irmãos!

Temos constantemente vindo os lembrar da importância de se manterem em seus sagrados corações, no centro dos seus seres. Nossos irmãos fraternos têm vindo até vocês, trazendo cada um, a seu modo, essa doce lembrança. Cada um têm vindo à sua maneira a os alertar sobre a necessidade de se interiorizarem, buscarem a chama que se encontra acesa em seus sagrados corações. Sim, porque nessa chama está o amor do Pai Celestial, está o amor de toda criação, está a doçura de seus seres, está toda força interior que possuem e está a sabedoria universal. Tudo isso está aí, dentro de vocês, em seus corações.


Quanta magia, quanta benevolência carregam em seus corações, na chama sagrada que sustentam em razão do amor que o pai possui por vocês. Por isso lhes pedimos que olhem dentro de si, que sigam a orientação de seus corações, pois aí está tudo que necessitam. Absolutamente tudo!

Assim, vimos os chamar porque é chegado o momento, filhos amados, de não mais buscarem referências exteriores, bem como de compreenderem aquele irmão que busca um diferente caminho do seu. Nosso pedido é para que busquem seus sagrados corações, mas que também entendam que aquele seu irmão que trilha um caminho diferente, completa-vos dentro do plano universal.

Para ouvirem os sagrados corações, devem parar de buscar por referências externas aprendendo a ouvir e sentir o sagrado querer interno, que os levará à felicidade. Por muito tempo, buscaram referências exteriores sobre o modo de entender, de sentir, de ser, sobre a forma de se comportar do outro. Mas para que se compreendam em completude, precisam aprender a sentir as suas próprias vontades, aquilo que seus corpos lhes pedem, que seu sentir profundo lhes orientam. Esse é um primeiro e importante passo para que possam escutar os sagrados corações.

Outro importante passo, para que não se distraíam em seu caminho, é entender que seu irmão poderá querer trilhar um caminho diferente, porque assim lhe pede seu coração. Quanto sofrimento seria evitado se carregassem esse simples ensinamento! Entendam aquele irmão que está trilhando seu próprio caminho, ainda que diferente do seu. Não há qualquer necessidade que o carreguem ao seu, ou que sejam levados pelo dele. Enquanto assim agirem, estarão a se afastar de seus sagrados corações. Da mesma forma, não há necessidade de expor o seu caminho, mas apenas de trilhá-lo, bem como não há motivo para que entendam o caminhar de seu irmão, por isso apenas o permitam. Esse é um importante passo para que aprendam a ouvir seus sagrados corações, respeitarem-se enquanto seres divinos e reconhecerem também a divindade em seu irmão. Assim o fazendo, estarão dando prevalência ao amor que o Pai sente por vocês, seguindo seu exemplo maior.

Nosso Pai Celestial sempre permitiu que fizessem suas próprias escolhas, porque Ele reconhece sua divindade e sabe que a única forma de serem felizes é respeitando aquilo que se encontra em seus sagrados corações.

Filhos da unidade, respeitem-se, pois assim aprenderão a respeitar seus irmãos. Respeitando-se, estarão progressivamente buscando suas referências interiores, não mais permitindo que o mundo exterior dite seus comportamentos, seu modo de ser. O dia em que assim se virem e aos seus irmãos, em unidade com seu querer, compreenderão que a diferença de corações os completam na unidade.

Assim o fazem nos reinos ascensos nossos irmãos, que já se colocaram em unidade de intenções e agem como UM, cada qual com seu quinhão de colaboração à criação, em perfeição divina.

Mas, vocês, para que cheguem a esse ponto de perfeição, devem dar o primeiro passo, que é pararem de tentar encontrar referências exteriores. Passem a sentir em seus interiores, aquilo que seus corações lhes pedem. Eles sempre o levarão ao melhor e mais fácil trajeto.

Não julguem seu irmão que optou por um caminho diferente, pois aquilo é o que o coração dele o pediu. Nenhum irmão precisa ter o mesmo caminho que o de vocês e, mesmo assim, ele continuará a amá-los porque vocês o deram liberdade, assim como ele os dará. Esse é o caminho da felicidade e do respeito de intenções, o qual deseja o pai celestial que encontrem.

Não busquem o caminho de seu irmão. Busquem pelo seu, aquele que está em seu coração e, ao mesmo tempo, não exija que seu irmão siga o seu. Dê liberdade de escolha a ele, que ele o amará e o respeitará em amor, como um ser soberano. Esse é o primeiro passo da maestria espiritual, para que aprendam a ouvir o sagrado coração, buscando aquilo que ele os indica e também reconhecendo o sagrado coração mantido por seu irmão de caminho. Assim o fazendo estarão tangenciando o amor incondicional que desenvolvemos nos reinos superiores, onde nós amamos e somos amados, porque nos respeitamos mutuamente.

Atente-se a isso, filhos! Sigam o exemplo do pai celestial que lhes concedeu o livre arbítrio, em amor e benevolência ao que são. Ele assim o faz porque os ama profundamente. Assim o fazendo estarão aprendendo a se amar e a se respeitar, dando prevalência ao seu querer, ao invés daquilo que o mundo externo os exige. Assim o fazendo, estarão ajudando a criar um mundo de respeito mútuo, em que impera a confluência de intenções e a paz soberana em todos os corações.

Eu sou a Mestra Rowena, portadora do raio do amor, e lhes trago hoje esse pedido, para que se amem mutuamente e assim sejam amados. Encontrem o pai celestial armazenado em seu coração sagrado, em sinal do amor a seu ser soberano e permitam que aqueles ao seu redor assim o façam.

Com muito amor a tudo que representam, eu me despeço com muito carinho.

Estejam no amor e na paz do Pai Celestial.

Rowena

Canal: Thiago Strapasson - 02/12/2015.

fonte: http://coracaoavatar.blog.br/