sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Procurem a alegria – Mestre Jesus


Saudações filhos,

Há momentos que a alegria os acentua o bem-estar, a gratidão, o amor pelo mundo e por todos. Esses momentos são magníficos de se ver de nossa perspectiva. Pois vemos aquele brilho encoberto ultrapassar todas as margens imagináveis e possíveis. É quando o brilho que os irradia resplandece a distâncias e dimensões inconcebíveis à sua compreensão.


E assim, hoje, viemos lhes falar do bem, da alegria genuína, de se encantarem por coisas simples e belas. Muitas vezes se encantam por coisas materiais, humanas, e isso também os resplandece. Mas quando se encantam por aquela beleza sútil de uma palavra, de uma dança, da natureza que os rodeia, de um simples nascer do sol, vocês crescem diante de algo tão singelo e simples.

E porque dizemos isso? Porque há muita complicação em seus dias, muitos pensamentos atordoantes, muitos a os dizer o tempo todo o que ou como fazer melhor. Mas tudo isso, filhos, são nada mais que pensamentos que encobrem esses momentos singelos de beleza, onde são capazes de chorar, de se emocionarem quando tomam contato com seus próprios sentimentos.

Sentimentos que estão aprisionados nesse castelo de recortes e imagens que povoam suas mentes já exaustas, em razão da ausência do silêncio, da mansuetude interior. E quando liberam esses sentimentos junto de um momento de alegria e felicidade, a luz que guardam dentro de vocês brilha de maneira inimaginável.

E talvez uma das grandes alegrias dos reinos de luz seja os ver brilhar de amor e alegria. Talvez essa seja nossa maior alegria, vê-los recuperarem a compreensão de que possuem essa capacidade de resplandecer. E ainda que de maneira inconsciente, por ser um estado de abertura que os impele a soltar, a fluir, ainda assim é algo lindo de se observar.

É quando se permitem, ainda que por uns minutos, e sentem como se estivessem a dançar ao vento. É quando a liberdade os toma e é quando vemos a alegria brotar de cada um de vocês a nos atingir e nos alegrar também.

Sim, filhos, porque estamos conectados a cada um de vocês. Vocês acreditam que estão sós, que estão separados. Mas não, nós sentimos cada emoção que irradiam. Quando se entristecem sentimos seu campo áurico diminuir, apagar, mas também os sentimos brilhar de amor quando permitem. E esse brilho nos irradia de tal maneira que é como se estivéssemos a os receber em uma grande festa em nosso lar.

Compreendem, filhos, o que estamos a lhes dizer? Não somos superiores a nenhum de vocês. Pois como algo que está unido pode ser superior? Não, pois sentimos cada alegria, cada tristeza, cada momento de suas vidas e fazemos isso simplesmente porque os amamos, porque já estivemos onde estão e sabemos o que é estar aí, com a venda nos olhos, fechados de dúvidas e sem muitas vezes saber para onde ir. Nós sabemos e estamos conectados porque somos a própria humanidade, somos vocês assim como são aquilo que somos.

E a alegria que irradiam é nossa felicidade, assim como a tristeza que sentem é o motivo que temos a continuar a os amparar com nosso amor, a irradiar nossa ternura, tentando os lembrar que não estão sozinhos, que estão conosco e que jamais os abandonamos.

Filhos, escutem essas palavras, e se lembrem de nós sempre, seja para dividirem sua alegria ou sua tristeza, não importa, porque nossa maior alegria é dar um sopro de amor em seus corações, simplesmente a os lembrar que estamos juntos de vocês e que somos UM em amor.

Mas quando deixarem, por breves momentos, suas mentes se silenciarem para que possam resplandecer de paz e alegria, estaremos lá novamente a os admirar pela capacidade de superação que possuem. E estaremos a nos alegrar por sua felicidade.

E é assim que simplesmente viemos pedir para que procurem sua alegria, sua felicidade, não importa a forma que a encontrem, pois jamais estaremos a os julgar por a perseguirem, apenas busquem por esse estado de alegria, que assim estarão a nos iluminar de amor e felicidade.

Estejam em paz.

Sou seu Irmão de amor, Jesus.

Thiago Strapasson – 11/01/2018

Fonte: coracaoavatar.blog.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário